MENU

Palmeiras admite que já tentou trazer Ronaldinho, mas espera parcerias

Palmeiras admite que já tentou trazer Ronaldinho, mas espera parcerias

Atualizado: Quarta-feira, 7 Julho de 2010 as 9:54

O Palmeiras já teve planos ousados antes da parada para a Copa do Mundo. No final de maio, a cúpula do clube alviverde se reuniu para uma missão tida como quase impossível: tentar a contratação do astro Ronaldinho Gaúcho, do Milan. O vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo foi encarregado de reunir recursos suficientes para apresentar a proposta aos italianos e conseguiu dois patrocinadores. Um diretor próximo a Cipullo admitiu que o Verdão já teve interesse no jogador e ainda crê em algum acordo.

Uma das empresas, o Banco Banif, comandaria a parte de pagamento dos salários em troca da exploração de sua imagem. Parte da diretoria palmeirense tratou do assunto diretamente com Roberto Assis, irmão e procurador de Ronaldinho. No entanto, a dificuldade de liberação junto ao Milan fez o Palmeiras deixar a negociação de lado.

Os salários ultrapassariam R$ 1 milhão, comparável ao que Ronaldo recebe no Corinthians. A negociação do rival, aliás, serviu como exemplo de que a negociação seria possível.

Assis nega qualquer conversa com o Palmeiras, e o Milan já manifestou que deseja contar com o brasileiro na próxima temporada. O Flamengo é outro interessado no jogador, mas já afirmou que só vai tentar algo se conseguir patrocinadores interessados em bancá-lo. O contrato de Ronaldinho com os italianos vai até dezembro de 2011, e parte da cúpula do Verdão ainda não desistiu de tentar a contratação.

Enquanto as conversas não avançam, os esforços ficam todos voltados para a contratação de Valdivia. O Palmeiras trabalha para conseguir a liberação do meia chileno junto al Al-Ain, dos Emirados Árabes.

veja também