MENU

Palmeiras dá atenção à base e tenta revelar joias

Palmeiras dá atenção à base e tenta revelar joias

Atualizado: Sexta-feira, 25 Novembro de 2011 as 11:18

Recentemente, o técnico Luiz Felipe Scolari criticou as categorias de base do Palmeiras e disse que não faria “milagre” com os valores produzidos pelo departamento no clube. O Verdão, porém, tenta melhorar sua estrutura para poder dar jovens mais preparados ao comandante da equipe profissional, que conta com poucos jogadores formados “em casa”. Entre as categorias menores, apenas a sub-17 faz sucesso em 2011 – está na final do Campeonato Paulista e tem vantagem contra o Santos. Entre os principais nomes, estão o volante Matheus, o meia Bruno Dybal e os atacantes Bruno Sabiá e Hugo, que podem aparecer em breve no time de cima.

Time sub-17 treina no CT de Guarulhos: estrutura deve melhorar (Foto: Diego Ribeiro / Globoesporte.com) Hoje, todos os garotos treinam no CT chamado de Academia de Futebol 2, localizado às margens da Rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos. O local tem cinco campos com medidas oficiais, todos com a grama em bom estado, além de salas de musculação e fisioterapia. Uma estrutura dentro do aceitável, mas que o clube reconhece que precisa melhorar.

– É uma das prioridades, estamos trabalhando para aumentar a estrutura dos garotos. O CT de São Roque é uma prova disso – afirmou o presidente Arnaldo Tirone.

– Estamos dando mais atenção aos garotos, os resultados vão aparecer – completou.

Vinícius está na fila de espera para ser utilizado por

Felipão em 2012 (Foto: Agência Estado) O CT de São Roque, idealizado para comportar melhor as categorias de base, ainda não saiu do papel. O presidente Arnaldo Tirone tem tratado do assunto e já até anunciou o início das obras, mas o projeto está em fase embrionária. Com ajuda da lei do incentivo ao esporte, o Verdão vai investir cerca de R$ 26 milhões no terreno, cedido pela prefeitura local. Após a inauguração do centro de treinamento, a estrutura de Guarulhos deve ficar subutilizada – por isso não há planos de ampliação da atual casa alviverde.

Enquanto o projeto de São Roque não anda, a diretoria alviverde contratou mais um profissional para a base depois das críticas de Felipão. Candinho Farias foi nomeado novo coordenador do setor no início de novembro com uma função bem clara: revelar.

Ele já passou pelo clube entre 2000 e 2001, quando comandou o Palmeiras B e lançou um grupo de jogadores para a equipe principal – casos dos atacantes Edmílson e Anselmo e do goleiro Deola, hoje titular.

Candinho resolveu dar uma pausa na carreira de técnico no interior paulista para aceitar o desafio. O coordenador está diariamente no CT de Guarulhos, ajuda na seleção de jogadores e detecta necessidades de todas as equipes que treinam ali. Confiante, ele acredita que pode ajudar na formação de bons valores para o Verdão.

– Recusei propostas para estar aqui, então vamos trabalhar para revelar. Importante na base é formar jogadores. Títulos são bons, mas o que vale mesmo é revelar. Fui campeão da Copa São Paulo com o América de Rio Preto e quase ninguém vingou – afirmou Candinho.

Hoje, apenas o goleiro Deola e o lateral-esquerdo Gabriel Silva são utilizados regularmente por Felipão, sendo que o lateral já está negociado com o Udinese-ITA e deixa o clube em dezembro. No elenco, o meia Patrick Vieira e o atacante Vinícius devem receber chances na próxima temporada.          

veja também