MENU

Palmeiras "esquece" Simon em final contra Sport

Palmeiras "esquece" Simon em final contra Sport

Atualizado: Quarta-feira, 11 Novembro de 2009 as 12

A derrota para o Fluminense e a polêmica com o árbitro Carlos Eugênio Simon abateu toda a nação palmeirense. Mas não há tempo para muitas lamentações. Os jogadores do Verdão sabem que é necessário deixar de lado a raiva contra o gaúcho para buscar uma vitória contra o Sport, nesta quarta-feira, às 21h50, no Palestra Itália, e continuar com o sonho do título nacional.

''Temos que esquecer o que aconteceu com o Simon e pensar nesta próxima partida. Para nós, é uma final. Se não conseguirmos um bom resultado, o título estará perdido'', apela o goleiro Marcos.

Por causa do revés no domingo, o Palmeiras deixou a liderança depois de 19 rodadas. Só que a desvantagem em relação ao São Paulo é mínima. Como o time do Morumbi entra em campo apenas no final de semana contra o Vitória, o Verdão pode retomar o gosto da ponta do Brasileirão com um resultado positivo diante de um adversário que está na lanterna e virtualmente rebaixado.

''É claro que não depende mais de nossas forças, mas ainda temos chances de título. Se na próxima rodada o São Paulo errar, a gente retorna à liderança. Temos capacidade para isso'', confia Marcos.

''É o momento de motivar a equipe, empolgar. Enquanto tivermos chances matemáticas, temos que fazer a nossa parte bem feita. Foi isso que deixamos de fazer. Torcemos muito contra os outros e esquecemos da gente'', emenda o pentacampeão mundial.

Apesar de toda a revolta pela anulação do gol de Obina contra o Fluminense, o Palmeiras também demonstra preocupação com o mau futebol. Mais uma vez, o técnico Muricy Ramalho reuniu o elenco e cobrou uma produção melhor na reta decisiva.

''Na conversa que tivemos com o Muricy, falamos sobre o nosso baixo rendimento. Talvez o Fluminense tenha merecido vencer. Sabemos que hoje está muito igual, então os detalhes é que fazem a diferença dentro de campo'', alerta o experiente camisa 12.

Além da volta de Marcos, o Palmeiras conta nesta quarta-feira com o retorno do paraguaio Ortigoza no ataque. Outra novidade pode ser a entrada do volante Pierre como titular. Já o volante Edmilson volta a ser relacionado depois de duas semanas. O grande desfalque em relação a domingo é o atacante Vagner Love, suspenso.

Na lanterna

O Sport chega à capital paulista destroçado para enfrentar o Palmeiras. Os principais desfalques estão no meio-campo: Andrade, Hamilton e Fabiano cumprem suspensão, enquanto Luciano Henrique acabou vetado pelo departamento médico. Em contrapartida, o lateral esquerdo Dutra volta.

Com a saída de Péricles Chamusca após o revés diante do Cruzeiro, Levi Gomes trabalha como técnico diante do Palmeiras. Ele ficará no cargo até a entrada de Givanildo Oliveira, o comandante escolhido para o ano que vem.

Será o sexto encontro entre Palmeiras e Sport na temporada. Quatro deles aconteceram na Libertadores-2009, com vantagem paulista de duas vitórias, um empate e uma derrota. No primeiro turno do Brasileirão, o Verdão também triunfou: 1 a 0 na Ilha do Retiro.

Ficha técnica- Palmeiras X Sport

Local: Palestra Itália, em São Paulo (SP)

Data: 11/11/2009

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (Fifa-GO)

Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e João Patrício de Araújo (GO).

Palmeiras: Marcos; Maurício, Danilo e Marcão; Figueroa, Sandro Silva (Edmilson ou Pierre), Souza, Diego Souza e Armero; Ortigoza e Obina

Técnico: Muricy Ramalho

Sport: Magrão; Igor, César e Durval; Élder Granja, Zé Antônio, Moacir, Adriano Pimenta e Dutra; Wilson e Arce

Técnico: Levi Gomes (interino).

veja também