MENU

Palmeiras estreia com empate contra o Botafogo no Pacaembu

Palmeiras estreia com empate contra o Botafogo no Pacaembu

Atualizado: Domingo, 16 Janeiro de 2011 as 10:15

O Palmeiras pretende usar o Paulistão para apagar a imagem ruim deixada em 2010, quando fechou mais uma temporada sem título. Mas a ideia de “ressurreição alviverde” para 2011 não foi vista neste sábado. Apático e apresentando os mesmos defeitos do ano passado, o time estreou no Estadual com empate diante do Botafogo, 0 a 0, no Pacaembu. O empate sem gol logo no começo do Paulistão não foi digerido pela torcida do Palmeiras. “Ô, ô, ô, queremos jogador!”, gritaram os torcedores nos minutos finais da partida.

Alvo principal da torcida, o meia/lateral Rivaldo saiu de campo vaiado após ser substituído.

Dos onze jogadores escolhidos por Felipão para o começo de jogo, nenhuma cara nova no time alviverde. Os quatro reforços do clube no ano não foram relacionados – o zagueiro Thiago Heleno, o lateral Cicinho, o volante João Vitor e o atacante Adriano Michael Jackson.

Ainda sem poder contar com Valdivia, que se recupera de lesão, e em busca de um meia criativo (Alex é o nome ideal da diretoria), o Palmeiras recorreu a Marcos Assunção e Kleber, principais articuladores ofensivos diante da equipe de Ribeirão Preto.

Assunção quase marcou gol olímpico aos 40 min da etapa inicial. A bola passou rente a trave. Kleber prendia a bola no ataque, sendo anulado pela defesa na etapa inicial. Com liberdade no ataque, Vitor e Tinga avançavam com facilidade e criaram boas chances de gol na primeira etapa.

O Botafogo teve duas boas chances nos 45 min iniciais, mas desperdiçaram as finalizações, com Dirceu e Assis.

A falta de ritmo era nítida entre as equipes. Palmeiras e Botafogo arriscavam poucas tabelas, dribles e infiltrações. Sobravam passes errados e descontentamento dos atletas. 

O lado esquerdo do Palmeiras foi praticamente nulo no segundo tempo. Pela direita, Vitor se apresentava com frequência no ataque na etapa final, mas sem criatividade.

A primeira boa jogada de tabela no ataque alviverde ocorreu apenas aos 9 min do segundo tempo. Lincoln e Kleber tabelaram na entrada da área, mas o Gladiador chutou sobre o gol.

Apesar da noite pouco inspirada do Palmeiras, Felipão evitou mudanças no time. A primeira alteração ocorreu somente aos 28 min do segundo tempo, quando Patrik assumiu o lugar de Lincoln.

Para minimizar a falta de entrosamento, o Palmeiras tentou o gol no fim do jogo em lance individual. Felipão abriu Luan e Patrik pelos lados no ataque, centralizando Kleber. O camisa 30 deixou o campo após cometer falta e receber amarelo.

Bem postado, o Botafogo controlava o Palmeiras e se arriscava nos contragolpes, mas sem levar perigo a Deola.  

veja também