MENU

Palmeiras promete ir à Justiça para conseguir liberação de Kleber

Palmeiras promete ir à Justiça para conseguir liberação de Kleber

Atualizado: Segunda-feira, 12 Julho de 2010 as 8:58

O Palmeiras promete recorrer à Justiça Cível para reverter a situação do atacante Kleber, que teve seu nome sacado da lista do Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo afirmou que o clube entrará com uma liminar na manhã desta segunda-feira pedindo para que o atleta figure novamente no site da entidade máxima de futebol como jogador do time paulista. O Alviverde não quer perder a chance de ter o atacante na retomada da equipe no Brasileiro no clássico com o Santos, marcado para esta quinta-feira, no Pacaembu.

Kleber teve seu nome retirado do BID por uma questão judicial envolvendo o Cruzeiro, seu ex-time, e o Goytacaz, clube que cobra uma dívida dos mineiros.   A Raposa tem uma pendencia na Justiça com o clube da segunda divisão carioca pela contratação do atacante Jussiê, em 2001, mas não a reconhece.   De acordo com a ordem judicial, a equipe mineira não poderia realizar a rescisão de Kleber, contratado pelo Alviverde no último mês.

- É uma briga entre o Goytacaz e o Cruzeiro, sendo assim uma decisão absurda do juiz. ele que penhore outra coisa. Vamos entrar com recurso porque eles não podem proibir o Kleber de trabalhar. O Juiz poderia penhorar os bens - resmungou Belluzzo, em contato telefônico com o GLOBOESPORTE.COM.

O presidente palmeirense ainda afirmou que a Confederação Brasileira de Futebol não tem culpa pela entrada e retirada do nome do atleta no BID, pois estava apenas cumprindo a lei. Segundo ele, o Cruzeiro chegou a recorrer da decisão de proibição de transferências, mas acabou tendo seu pedido indeferido pela Justiça.

- A CBF não tem nada a ver com isso, só cumpriu a decisão. Ela colocou o nome do Kleber porque o Cruzeiro havia entrado com recurso e agora apenas cumpriu a lei. Foi uma decisão equivocada e sem fundamento. O Palmeiras e o Kleber não têm nada a ver com isso - finalizou.  

veja também