MENU

Palmeiras se anima com Valdivia e prepara substituto para Armero

Palmeiras se anima com Valdivia e prepara substituto para Armero

Atualizado: Terça-feira, 22 Junho de 2010 as 3

Valdivia tem sido importante para o Chile na Copa

do Mundo (Foto: AP)  

O mercado de transferências começa a esquentar no Palmeiras em plena disputa da Copa do Mundo. Depois de declarar quase que diariamente seu desejo em retornar ao Verdão, o meia Valdivia verá um esforço maior do clube em contar com seu futebol. Apesar de admitir que sequer iniciou negociações com o Al-Ain, dos Emirados Árabes, o vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo se diz animado para conduzir a complicada transação.

- Os árabes não aceitam empréstimo, o que dificulta um pouco. Mas estamos buscando recursos, o próprio presidente já falou isso, e quando tivermos esse levantamento poderemos começar as negociações. Sou otimista em tudo na vida, então acredito que vai dar certo - disse o dirigente do Verdão.

Com contrato até dezembro de 2012 com o Al-Ain, Valdivia não deve sair do clube por menos de 6 milhões de euros (R$ 13,1 milhões). Atualmente, o jogador está com a seleção chilena na disputa da Copa do Mundo. O Chile é líder do Grupo H, com seis pontos em duas rodadas.

Armero e Parma: só falta assinar

Armero deve anunciar saída do Palmeiras nos 

próximos dias (Foto: Getty Images)   Enquanto um estrangeiro está próximo de retornar ao clube, outro está de partida. O lateral esquerdo colombiano Pablo Armero viveu altos e baixos no Palmeiras e deve ir para o Parma, da Itália. Ele se reapresentou com o elenco após a folga de 10 dias, mas a negociação está praticamente acertada.

- O Armero já tem uma situação encaminhada com o Parma, só falta assinar tudo mesmo. Então, vamos buscar uma reposição à altura. Só vamos buscar esses reforços pontuais, para o caso de alguma perda - afirmou Gilberto Cipullo.

Fábio Aurélio, que deixou o Liverpool recentemente, aparece como opção. Porém, o vice-presidente de futebol do Palmeiras vê dificuldade em concretizar uma proposta. Afinal, o desejo do jogador é permanecer na Europa.

- Ele já disse que quer ficar lá, então não temos muito o que fazer. A partir do momento em que ele decidir voltar, aí vamos conversar. Mas já estamos buscando alternativas para suprir a carência na posição - completou Cipullo.

Por Diego Ribeiro São Paulo

veja também