MENU

Panturrilha preocupa, mas Murilo afirma que não é hora de se poupar

Panturrilha preocupa, mas Murilo afirma que não é hora de se poupar

Atualizado: Quinta-feira, 30 Setembro de 2010 as 9:10

Ainda na primeira fase do Mundial, disputada na cidade italiana de Verona, Murilo deixou o jogo contra Cuba com cãibras na panturrilha direita. No quarto set da derrota, o ponteiro sentiu os músculos se endurecerem e pediu para ser substituído. Já em Ancona, treina normalmente no Palarossini para a estreia do Brasil nesta quinta-feira, às 16h (de Brasília), contra a Polônia. Mas não esconde que o problema incomoda.

- Preocupa, sim. O bom é que tem um dia de descanso entre um jogo e outro. Se fossem jogos seguidos, estaria mais preocupado. Mas agora não é hora de poupar ou segurar. Tem mesmo que arriscar. Contra Cuba ainda podia e, por isso, saí - explicou o ponteiro.

Murilo já passou por uma intervenção cirúrgica no local. Quando ainda atuava no Modena, da Itália, sofreu um estiramento e precisou se afastar das quadras para se recuperar. Desde então, usa uma proteção preta nos jogos.

- Quando senti a musculatura endurecer, fiquei alerta. Ainda fui para o saque, participei de um ataque, mas preferi sair e evitar problemas no futuro - disse o jogador.

Após a estreia contra a Polônia, a seleção terá um dia de descanso. De acordo com a programação, faz apenas um treino na parte da tarde de sexta-feira. No sábado, às 16 (de Brasília), enfrenta a Bulgária por uma das duas vagas na terceira fase.

veja também