MENU

Para ficar marcado na história do Santos, Arouca esquece desgaste

Para ficar marcado na história do Santos, Arouca esquece desgaste

Atualizado: Terça-feira, 24 Maio de 2011 as 2:46

Arouca diz que títulos valem qualquer sacrifício (Foto: Ricardo Saibun / Site Oficial do Santos)

  Os titulares do Santos ganharam alguns dias para descansar após a conquista do Campeonato Paulista e a classificação às semifinais da Taça Libertadores. Por pouco tempo. O time voltou a treinar forte na última segunda-feira e, nesta quarta, às 21h50m (horário de Brasília), contra o Cerro Porteño-PAR, no Pacaembu, pela competição continental, volta à sua rotina de decisões. O volante Arouca admite que o time está desgastado. No entanto, a possibilidade de ser campeão novamente faz o time esquecer o cansaço.

O Alvinegro está disputando mata-mata desde o dia 23 de abril, quando enfrentou a Ponte Preta pelas quartas de final do estadual. De la para cá, foram oito jogos decisivos. Em seis, Arouca esteve em campo.

- Agora é a hora de nos sacrificarmos pelos nossos objetivos. Até o momento, conseguimos passar por todos os obstáculos. Agora, queremos mais uma glória para o clube e a oportunidade de escrever nossos nomes na história do Santos, definitivamente. Eu bati na trave com o Fluminense, em 2008, mas farei de tudo para que dessa vez o final seja mais feliz - afirmou.

Arouca usa a lição aprendida pela equipe contra o Once Caldas-COL, nas quartas de final, para que o Santos não corra riscos.

- Na partida das quartas de final, nosso time teve um ótimo desempenho contra o Once Caldas, mas num descuido tomamos um gol que poderia ter nos complicado no final. Fica o alerta para que erros não se repitam - concluiu.

Arouca disputa sua terceira Libertadores. Foram 22 jogos, com 13 vitórias, seis empates e apenas três derrotas. Aproveitamento de 68,18%.          

veja também