MENU

Para jornal, Tirone detona Valdivia: 'Ele só quer saber de cair na noite'

Para jornal, Tirone detona Valdivia: 'Ele só quer saber de cair na noite'

Atualizado: Sábado, 14 Maio de 2011 as 8:36

Tirone mostra arrependimento por investimento em Valdivia (Foto: Carlos Augusto Ferrari / Globoesporte)

  O presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, fez duras críticas ao chileno Valdivia em entrevista publicada neste sábado no Jornal da Tarde. O dirigente afirmou que o meia foi um “péssimo negócio” para o clube, porque “só quer saber de cair na noite”. E mais: disse que o São Paulo quis contratar o chileno no ano passado, e que se o Tricolor ainda tiver interesse, topa trocar o meia pelo atacante Dagoberto.

Tirone ainda declarou seu interesse pelo lateral-esquerdo Júnior César, também do São Paulo, no zagueiro Henrique, que pertence ao Barcelona mas está emprestado ao Racing Santander, no também zagueiro Rafael Tolói, do Goiás, e no atacante Borges, que está no Grêmio. Revelou ainda que o Santos tentou o empréstimo do atacante Kleber para a Libertadores, mas não aceitou porque “se fizesse isso, a torcida me matava.”

Além de Valdivia, Tirone reclamou também da condição de Lincoln, outro que passa muito tempo no departamento médico, e disse que, por isso, procura outro meia no mercado. E deu uma alfinetada até no técnico Luiz Felipe Scolari, que “às vezes se desequilibra.”

As maiores críticas, porém, foram mesmo ao camisa 10 da equipe.

- O Valdivia se machuca demais. Se somar o número de jogos que ele e o Lincoln disputaram não chega a 40 dos nossos últimos 60. Eles estão saindo muito caro. E quando o Valdivia se recuperar dessa contusão vai embora para o Chile e só volta no fim de julho, depois da Copa América. Foi um péssimo investimento – disse Tirone.

Valdivia foi contratado no ano passado, pela diretoria anterior, junto ao Al Ain, dos Emirados Árabes. Até o dia 15 de agosto o Palmeiras terá de desembolsar 6,5 milhões de euros (o equivalente a R$ 14,9 milhões) para pagar pela contratação, feita com empréstimo do banco Banif. Questionado se o clube tem esse dinheiro, Tirone respondeu:

Para o presidente do Palmeiras, Valdivia não anda querendo saber de bola (Foto: Ag. Estado)

  - Ter eu não tenho, mas vou ter de me virar. Nem dá vontade de pagar. Ele só quer saber de cair na noite, não está querendo nada. Ainda não deu retorno para o clube. Lembra do Pedrinho? Na época ele chegou a pedir para o Mustafá suspender o seu pagamento, porque só se machucava. No caso do Lincoln, ele também se machuca, mas pelo menos é responsável.

Sobre Lincoln, aliás, Tirone admitiu que o clube ainda não pagou o 1 milhão de euros que está devendo ao jogador.

- Ainda não (pagamos). Estamos vendo como vamos fazer. Ele recebe R$ 270 mil por mês e estava um ano parado antes de vir. É mais uma loucura que a diretoria anterior fez.

Sobre reforços, Tirone admitiu que já tem tudo certo com o lateral-direito Paulo Henrique, do Paraná. Disse também que busca a renovação de contrato com o volante Marcos Assunção.

- Estamos tentando. Ele quer encerrar a carreira no Palmeiras e o Felipão gosta muito dele, mas ganha R$ 130 mil e quer R$ 250 mil. Nenhum time vai pagar isso para ele. Vamos ver o que dá para fazer. Acho que ele fica.

Sobre Felipão, mais críticas.

- Nenhum jogador gosta de técnico que fica puxando a orelha deles. Eu me reuni com os jogadores e falei que o Felipe tinha idade para ser o pai deles e eles tinham de respeitá-lo. Acontece que jogador acha que entende mais do que o técnico. E o problema do Felipão é que às vezes ele se desequilibra. Você conversa com o Mano Menezes e ele é calmo o tempo todo – disse Tirone.

Se criticou treinador e jogadores, natural que o presidente também atacasse seu antecessor, Luiz Gonzaga Belluzzo. Sobre ele, Tirone disse:

- Ele foi muito puro em alguns momentos, e futebol não é para amador. Futebol tem muita disputa, dinheiro e vaidade envolvidos. Não dá para confiar em ninguém. E no Palmeiras é pior ainda. Pega os três filmes do Poderoso Chefão e assiste. Aquilo é o dia a dia do Palmeiras. O cara senta pra jantar com você e quando você levanta te dá um tiro nas costas.        

veja também