MENU

Para Neymar, Peixe não vai sentir pressão

Para Neymar, Peixe não vai sentir pressão

Atualizado: Terça-feira, 13 Abril de 2010 as 12

Nos dias que antecederam o primeiro jogo entre São Paulo e Santos pela semifinal do Paulistão, a pergunta recorrente foi: será que os garotos da Vila Belmiro irão suportar a pressão do favoritismo? Havia a dúvida se tudo o que o Peixe mostrou na primeira fase era apenas fogo de palha. No entanto, esses questionamentos jamais passagem pela cabeça dos jogadores alvinegros.

O Peixe sofreu pressão, mas venceu o primeiro jogo decisivo do ano por 3 a 2, com duas assistências de Neymar e um gol de André, dois dos mais jovens jogadores do elenco. Neymar garante que só quem tinha dúvidas eram críticos. Ele admite que sente um friozinho na barriga momentos antes de a bola rolar em jogos importantes, mas lembra que o jogo contra o São Paulo não foi sua primeira decisão.

- Desde o ano passado a gente tem enfrentado jogos decisivos. Esse foi mais um. Não sentimos mais esse peso - afirma o jogador.

Neymar se refere às finais do Paulistão 2009. Ele e Paulo Henrique Ganso estiveram em campo nos dois confrontos contra o Palmeiras, pelas semifinais, ambos vencidos pelo Peixe por 2 a 1, e também disputaram as finais com o Corinthians. O time da capital acabou com o título, vencendo o primeiro jogo por 3 a 1, na Vila, e empatando o segundo em 1 a 1, no Pacaembu.

Paulo Henrique Ganso não teve uma participação tão efetiva contra o São Paulo, mas garante que isso nada teve a ver com o fato de o jogo ter sido decisivo.

- Foi um clássico importante, uma semifinal. Mas estávamos tranquilos. Nos momentos mais decisivos, eu acho que esse time reage bem. Foi assim no clássico contra o Corinthians e contra o São Paulo também. Cometemos alguns erros, mas aprendemos - completou.

Por: Adilson Barros

veja também