MENU

Para René Simões, torcida foi o diferencial do Bahia

Para René Simões, torcida foi o diferencial do Bahia

Atualizado: Segunda-feira, 30 Maio de 2011 as 10:02

Torcida saúda o Bahia no estádio de Pituaçu (Foto:Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)

  Desde a manhã da última quinta-feira já não havia mais ingressos para Bahia x Flamengo . As arquibancadas lotadas do estádio de Pituaçu, neste domingo, não eram surpresa. Tratava-se de uma torcida se reencontrando com seu time na elite do futebol brasileiro, após sete anos de jejum.

Dentro de campo, o Bahia conseguiu arrancar um empate do Flamengo no final da partida – o que não diminuiu o delírio dos torcedores, orgulhosos da luta de seus guerreiros tricolores até o último minuto.

- O empate teve sabor de vitória, devido às circunstâncias. O time acreditou até o final. Foi muito importante. Tomamos a virada no segundo tempo, mas nunca deixamos de acreditar – contou o goleiro Omar, após a disputa.

O técnico René Simões também avaliou o desempenho de seus atletas, após o confronto. Para ele, o rendimento foi positivo.

- A gente jogou contra um time que joga junto há mais de um ano. O Bahia jogou de igual para igual. No início do jogo, cometemos erros. Deixamos o Galhardo jogar ali pelo lado direito, mas, no geral, o time foi muito bem.

No entanto, para René, era a vibração das arquibancadas que fazia a diferença. O treinador exaltou a energia dos torcedores, que não pararam de empurrar o Bahia, mesmo quando o Flamengo conseguiu a virada.

- No final, a torcida do Bahia foi o diferencial. Estávamos com dez homens e a torcida apoiou e jogou junto – disse René.          

veja também