MENU

Para Ricardinho, Atlético-MG tem

Para Ricardinho, Atlético-MG tem

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 9:17

O Atlético-MG encara o Flamengo, nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), no Maracanã, em um jogo em que somente a vitória interessa ao Galo. Afinal, o time é o 18º colocado no Campeonato Brasileiro, com dez derrotas. Nesse panorama, o experiente meia Ricardinho acredita que o Atlético-MG deva buscar o ataque no Rio de Janeiro para começar a mudar sua sorte na competição.

- É difícil prever como vai ser o jogo. Nós temos que buscar o resultado, respeitando o Flamengo, que, mesmo não fazendo a campanha do ano passado, tem bons jogadores, é um grande clube, tem uma grande torcida e vai jogar em casa. Mas independentemente disso, temos que buscar nosso objetivo, que é somar pontos. Essa é a questão importante para este jogo. Não podemos mais transferir isso para a rodada seguinte.

Ricardinho disse que todos os jogos do Galo de agora em diante são complicados, e que o time não pode mais perder pontos, mesmo jogando fora de casa.

- Na verdade, na situação em que nos encontramos no campeonato, todos os jogos são difíceis. Quando uma equipe está na parte de cima da tabela, você pode jogar por alguns resultados como empate fora de casa, por exemplo. Mas na situação em que estamos, você sempre tem a necessidade de vencer o jogo seguinte, porque precisamos somar pontos o mais rápido possível.

O pentacampeão afirmou que os jogadores atleticanos devem tirar o lado bom da crise, buscando crescer e evoluir, para sair da parte de baixo da tabela.

- O profissional de futebol tem que aprender a conviver com todas as situações durante a carreira, vitórias, derrotas e conquistas. Bom profissional é aquele que nos momentos difíceis sempre tira alguma coisa positiva e sabe crescer. Temos que aprender não só a crescer, mas a sair deste momento, conquistando os resultados e procurando evoluir no seu trabalho.

Improvisado

O técnico Vanderlei Luxemburgo não conta com seus dois laterais-esquerdos. Fernandinho e Leandro estão entregues ao departamento médico e vetados para a partida contra o Flamengo. Em um esquema com três zagueiros, o treinador tem usado Ricardinho na ala esquerda. Foi assim na vitória por 3 a 1 sobre o Guarani e na derrota por 2 a 0 para o Santos. Para o meia, o sacrifício vale a pena, por ajudar o time.

- Quando você está em um grupo de jogadores, você tem que estar à disposição e, muitas vezes, você tem que exercer algumas funções que costumeiramente não faz. Eu sempre me coloquei à disposição, tenho o maior prazer em ajudar o grupo, sempre foi assim em toda minha carreira e não vejo problema algum em ajudar. Eu procuro exercer a função da melhor forma possível.

veja também