MENU

Para Tinga, má largada no Brasileiro é culpa do elenco, não de Falcão

Para Tinga, má largada no Brasileiro é culpa do elenco, não de Falcão

Atualizado: Terça-feira, 31 Maio de 2011 as 11:07

Tinga deixa a responsabilidade com o elenco

(Foto: Alexandre Alliatti / Globoesporte.com)     É muito ruim a largada do Inter no Campeonato Brasileiro. Depois de empatar com os reservas do Santos na Vila Belmiro, o time colorado perdeu em casa para o Ceará. No início da preparação para o terceiro compromisso vermelho na disputa, domingo, em Campo Grande, contra o América-MG, o meia Paulo César Tinga foi o porta-voz de um elenco que assume a culpa pelos resultados negativos. Para o jogador, a responsabilidade não pode desabar sobre o técnico Paulo Roberto Falcão, muito vaiado pela torcida no último sábado.

Tinga diz que é preciso criar uma nova cultura no futebol brasileiro. Ele afirma que os treinadores não podem ser culpados a cada insucesso das equipes que comandam.

- O treinador escala a equipe, mas, com todo o respeito ao Ceará, temos a obrigação de ganhar. Não estou defendendo o Falcão. Já falei a mesma coisa sobre o Celso (Roth) ou o Muricy (Ramalho) em outra época. Temos que ter a cultura de que quando perde, não é o treinador. Nós estamos ali dentro. Tínhamos que ganhar em casa do Ceará. Se não ganhamos, já se cria uma polêmica em cima do treinador. Somos nós, jogadores, que não conseguimos vencer. É chato, mas do mesmo jeito que foi gostoso vencer no Olímpico. Para essa competição, não tem como alcançar os objetivos se não ganhar em casa. É preocupante, mas somos nós que temos que mudar isso – disse o jogador.

Tinga não vê razão para grandes contestações ao Inter. Ele lembra que esse mesmo elenco, tão criticado agora, era elogiado depois da conquista do Campeonato Gaúcho.

- A gente tem que saber que está em alerta, mas não está naquela situação de que está tudo errado. Há duas semanas, comemoramos um Estadual, e todo mundo falou que a equipe estava enquadrada, com a cara do Falcão. Agora, já se cria uma polêmica. Sempre procuro ver pelo lado positivo.

O jogador admite que não são bons os primeiros resultados do Inter no Brasileirão. Mas confia em uma recuperação.

- Tem sido assim há quatro, cinco anos. E a chegada, na maioria das vezes, tem sido boa. É difícil de responder qual o problema. Parece que não queríamos ganhar, mas não é assim. Não tem como achar explicação. Nenhuma explicação é garantia de que vamos ganhar. Temos que seguir trabalhando e confiar naquilo que é passado para nós. Enquanto tivermos isso, o resultado vai ser como tem sido para o Internacional a cada ano – comentou o atleta.

Tinga seguirá como titular contra o América-MG. O Inter treina em dois turnos nesta terça-feira, como preparação para a partida.        

veja também