MENU

Paraná Clube depende de campanha de campeão para fugir da queda

Paraná Clube depende de campanha de campeão para fugir da queda

Atualizado: Terça-feira, 22 Fevereiro de 2011 as 9:12

O desafio que o técnico Ricardo Pinto tem pela frente ao assumir o Paraná Clube é enorme. Com apenas dois pontos ganhos em dez rodadas disputadas, com medíocres 6,67% de aproveitamento, o Tricolor terá que fazer campanha de campeão no segundo turno do Campeonato Paranaense para escapar do rebaixamento.

Desde que o estadual começou a ser disputado, em 1915, o regulamento da competição adotou as mais diversas fórmulas, algumas bastante esdrúxulas. Neste tempo todo, apenas em nove edições a disputa reuniu 12 times em uma fórmula com turno e returno.

E é avaliando o desempenho das equipes nestes nove campeonatos (as edições de 1966, 67, 73, 75, 81, 86, 87, 88 e 98) que se pode traçar um paralelo com a atual edição da competição. Atribuindo-se o sistema de pontuação utilizado atualmente, com vitória valendo três pontos, às campanhas das equipes que disputaram aqueles campeonatos, é possível estabelecer uma meta a ser alcançada pelo Paraná para evitar a queda para a Divisão de Acesso.

Nos anos em que o regulamento era ao menos parecido com o adotado em 2011, os clubes que terminaram o campeonato na décima posição (o que hoje garantiria a fuga do rebaixamento) somariam com a pontuação atual, em média, 23,78 pontos.     Para atingir esta média, o Tricolor precisará ganhar 22 pontos nas 12 partidas que ainda disputa no estadual, finalizando o campeonato com 24. Isto representa um aproveitamento, daqui por diante, de 61,11% dos pontos disputados. Número pouco superior aos 60% de aproveitamento atual do Atlético-PR, terceiro colocado do estadual, e inferior apenas as marcas do vice-líder Operário (63,33%) e do Coritiba, campeão antecipado do primeiro turno com 86,67% de aproveitamento.

- Minha ideia é ganhar sete jogos neste turno, a partir de domingo já. Acredito que 20, 23 pontos nos coloquem em uma situação confortável. Mas a equipe do Paraná – pode ser até utopia da minha parte – pode ganhar o segundo turno e disputar a final com o Coritiba. Estamos vivos e vamos lutar muito para que isso aconteça - afirmou Ricardo Pinto, na segunda-feira.

O próximo desafio do Tricolor pelo Estadual é contra o Cascavel, às 16h de domingo, na Vila Capanema. Antes, também em casa, o Paraná recebe o Gurupi-TO, pelo jogo de volta de Copa do Brasil.    

veja também