MENU

Paraná e Coritiba empatam em jogo com três expulsões

Paraná e Coritiba empatam em jogo com três expulsões

Atualizado: Segunda-feira, 24 Janeiro de 2011 as 10:06

Apesar da chuva, o clássico foi quente. Em uma partida com três expulsões, Paraná e Coritiba empataram por 1 a 1 neste domingo, na Vila Capanema, pela terceira rodada do Campeonato Paranaense. Eltinho marcou para o Coxa, e Tito igualou o marcador.

Com este resultado, o Coritiba perdeu os 100% de aproveitamento mas segue na liderança, com sete pontos. Por sua vez, o Paraná somou seu primeiro ponto na competição e continua na lanterna.

Os dois times voltam a campo no meio de semana, para jogos da quarta rodada. O Paraná enfrenta o Roma na quarta-feira, enquanto o Coritiba recebe o Cascavel na quinta. As duas partidas serão às 19h30m (de Brasília).

Tudo bem que um time entrou com duas vitórias em dois jogos e o outro sem pontuar. Mas, na hora que a bola rolou, a rivalidade e o equilibrio prevaleceram no clássico. Com o retorno de vários titulares, o Coritiba começou um pouco melhor a partida e ameaçou com Leo Gago, aos 12, e Eltinho, aos 24. Os dois chutes passaram perto.

Aos 31, finalmente veio a primeira conclusão certeira. Eltinho aproveitou a falha do goleiro Luis Carlos, que soltou a bola no pé do lateral, e abriu o placar na Vila Capanema: 1 a 0 Coxa.

Logo após ficar em vantagam no marcador, o Coritiba perdeu um jogador. Jéci, que pouco antes recebera cartão amarelo, derrubou Taianan e acabou expulso. Em seguida, Tito soltou um foguete em cobrança de falta, mas Édson Bastos conseguiu fazer a defesa e evitou o empate.

No segundo tempo, o Paraná aumentou o volume de jogo e quase igualou aos seis minutos com Taianan. Até que, aos 20, finalmente aconteceu o empate. Tito aproveitou o rebote dentro da grande área e estufou a rede.

A partir daí, o jogo começou a ficar tenso e violento. Rafinha acertou uma cotovelada em Taianan e recebeu cartão vermelho aos 22, deixando o Coritiba com nove jogadores. Mas o Paraná não teve tempo de se aproveitar, já que Javier Mendez deu um carrinho desnecessário em Leo Gago e foi expulso na sequência, aos 27.

O jogo ficou mais aberto, mas a última grande chance de gol só foi aos 44. Bill desviou de cabeça de dentro da área e quase marcou. A trave salvou o Paraná de mais uma derrota.  

veja também