MENU

Paraná vence a primeira no Estadual, mas termina o turno na lanterna

Paraná vence a primeira no Estadual, mas termina o turno na lanterna

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 8:51

O Paraná Clube venceu a primeira partida pelo Campeonato Paranaense de 2011. O Tricolor fez 2 a 0 no Cascavel, na tarde deste domingo, na Vila Capanema. O time - que já tinha vencido na última quarta-feira, 3 a 0 sobre o Gurupi-TO, pela Copa do Brasil - chega aos cinco pontos na competição, mas permanece na lanterna.

O Cascavel, que não vence desde a sexta rodada - quando fez 2 a 0 no Atlético-PR - permanece na vice-lanterna, agora com apenas um ponto de vantagem para o Paraná. O Tricolor, que não tem jogo no meio de semana, volta a campo no sábado, às 16h, quando a equipe enfrenta o Corinthians-PR, no Ecoestádio. No dia seguinte, às 15h30m, o Cascavel recebe o Paranavaí, no Olímpico Regional.

Poucas chances; nenhum gol

Na etapa inicial, o excesso de passes errados no meio-campo resultou no baixo número de chances de gol. Até os 15 minutos, cada equipe teve uma oportunidade de abrir o placar. O zagueiro paranista Luciano Castán desviou de cabeça e Veloso fez a defesa em dois tempos. O Cascavel respondeu com o meia Irineu que, após falha da defesa adversária, chutou cruzado, direto para fora.

Além dos passes errados, o jogo teve muitas faltas. Prova disso foi que o árbitro Antônio Denival de Morais mostrou cinco cartões amarelos apenas no primeiro tempo. E era na bola parada que o Tricolor tentava chegar ao gol. Porém, a defesa cascavelense - que se defendia com até dez jogadores atrás da linha da bola - garantiu o 0 a 0 nos 45 minutos iniciais.

- Temos que caprichar um pouco mais. No segundo tempo, temos que aproveitar as chances para construir o resultado positivo – resumiu o zagueiro Luciano Castán na saída para o vestiário.

Paraná melhora e vence

O segundo tempo começou como o primeiro: equilibrado, com muitos passes errados e faltas. Com isso, os dois treinadores fizeram mudanças. No Cascavel, Arley e Jean Carlo entraram nas vagas de Jean e Alexandre. No Tricolor, Léo substituiu Diego. Melhor para o time mandante.

Em 13 minutos, o Paraná teve cinco chances e marcou dois gols. No primeiro lance, o atacante Léo dominou no peito e bateu de voleio, perto do gol. Aos 15, o zagueiro Rodrigo Defendi desviou de cabeça após cobrança de escanteio e abriu o placar. O Tricolor continuou na pressão e, aos 19, o atacante Kelvin sofreu pênalti. Na cobrança, de cavadinha, ele mesmo ampliou. O time da Vila acertou a trave mais duas vezes - com Léo e Kelvin - antes dos 25 minutos.

Depois disso, porém, o ritmo do jogo caiu. O técnico Ricardo Pinto fez uma alteração - trocou o atacante Renato pelo volante Borges - para fortalecer a marcação. O Cascavel ainda tentou em lances de bola parada e cruzamentos para a área, mas não conseguiu descontar.    

veja também