MENU

Parko é eliminado em Pipeline e fica na torcida para levar Tríplice Coroa

Parko é eliminado em Pipeline e fica na torcida para levar Tríplice Coroa

Atualizado: Quinta-feira, 16 Dezembro de 2010 as 8:31

Depois de seis dias de adiamentos, o Pipe Masters voltou a ser disputado nesta quarta-feira. Mas o dia não foi bom para Joel Parkinson. Líder da disputa pela Tríplice Coroa Havaiana, o australiano foi eliminado da competição por seu compatriota Owen Wright na terceira rodada e agora precisa secar os adversários para conquistar o segundo título mais importante do surfe.

A ameaça à conquista de Parko também vem da Austrália. Adrian Buchan, que garantiu vaga na quarta rodada, precisa chegar à final para levar a Tríplice Coroa.

Contra Mick Fanning, outro que tinha chance de levar o título, a torcida de Joel Parkinson funcionou. Ele foi derrotado por Dusty Payne, que tirou uma nota 9.87 nos últimos segundos da última bateria da terceira rodada. Para o havaiano, a vaga para a quarta rodada conseguida de maneira emocionante valeu para confirmar sua vaga no Circuito Mundial em 2011.

Parkinson e Wright fizeram uma equilibrada segunda bateria. Os dois estavam empatados com 7.40 até a última onda, com Owen Wright levando vantagem por ter uma nota melhor. Mas Joel Parkinson fez interferência no fim da bateria, dando a vitória tranquila para o adversário: 7.40 x 4.17.

Kelly Slater, o homem da camisa amarela

Com um visual ao estilo Volta da França, um surfista se destacava na água. Não que precisasse. Depois de conquistar seu décimo título mundial, o americano Kelly Slater era o único que não usava uma camisa azul ou vermelha. Estava de amarelo nas águas de Pipeline. Contra o local John John Florence, vinte anos mais novo, um 8.00 e um 8.90 garantiram a classificação do decacampeão para a quarta rodada.

- Na verdade eu fiquei confuso sobre prioridade por causa da minha camisa. Todo mundo de azul, vermelho e eu de amarelo – brincou em entrevista à transmissão oficial.

Terceira fase do Pipeline Masters:

1. Taj Burrow (AUS) 15.00 x 8.33 Matt Wilkinson (AUS)

2. Owen Wright (AUS) 7.40 x 4.17 Joel Parkinson (AUS)

3. Bede Durbidge (AUS) 11 .33 x 3.27 Adam Melling (AUS)

4. Adrian Buchan (AUS) 11.66 x 11.50 Fredrick Patacchia (HAV)

5. Jeremy Flores (FRA) 17.10 x 14.00 C. J. Hobgood (EUA)

6. Kelly Slater (EUA) 16.90 x 14.23 John John Florence (HAV)

7. Kieren Perrow (AUS) 17.10 x 12.87 Adriano de Souza (BRA)

8. Damien Hobgood (EUA) 12.50 x 9.10 Jadson André (BRA)

9. Jordy Smith (AFS) 10.93 x 10.66 David Wassell (HAV)

10. Dane Reynolds (EUA) 13.43 x 11.66 Patrick Gudauskas (EUA)

11. Taylor Knox (EUA) 14.66 x 14.34 Michel Bourez (TAH)

12: Dusty Payne (HAV) 18.87 x 17.94 Mick Fanning (AUS)

veja também