MENU

Parreira confirma saída da África do Sul depois da Copa

Parreira confirma saída da África do Sul depois da Copa

Atualizado: Segunda-feira, 31 Maio de 2010 as 8:40

Os últimos resultados da seleção sul-africana serviram para aumentar a confiança de torcedores, jornalistas e dirigentes em uma boa campanha na Copa do Mundo. E o grande responsável por isso, na opinião deles, é o técnico Carlos Alberto Parreira. Por isso, a saída do brasileiro, que já havia sido anunciada para o fim da participação no Mundial, começou a ser questionada. Surgiram especulações de que Parreira poderia permanecer pelo menos até 2012, para a Copa Africana de Nações, ainda como treinador ou como diretor-técnico. Mas o tetracampeão confirmou que não considera essa possibilidade.

- Chegaram a falar comigo sobre me tornar diretor ou algo assim, mas eu disse que não. Quero voltar para meus filhos e para minhas netinhas no Brasil. Eu realmente tenho saudades da minha família. Por isso vou deixar os Bafana Bafana e a África do Sul depois da Copa, mas estou determinado a fazer isso após uma grande campanha, tendo ao menos classificado a equipe para a segunda fase da Copa - adiantou Parreira em entrevista coletiva antes do amistoso contra a Guatemala, nesta segunda-feira, em Polokwane.

O técnico voltou a dizer também que mantém a ideia de encerrar a carreira como treinador após a Copa do Mundo. Ele ainda pretende continuar no futebol, mas em um cargo executivo - de preferência no Brasil.

- Estou indo para minha sexta Copa como treinador em 42 anos de futebol. Acho que mereço um descanso - brincou.

Com a recusa oficial de Parreira, a Federação Sul-Africana deve colocar em prática a decisão anunciada ainda no ano passado de ter um sul-africano no comando da seleção após a Copa. Os favoritos são Pitso Mosimane, auxiliar de Parreira e que também trabalhou com Joel Santana, e Gavin Hunt, técnico mais bem-sucedido do futebol local nos últimos anos, atual campeão nacional com o Supersport United.

veja também