MENU

Patricia mantém interesse por Kleber e nega ter pedido desculpas

Patricia mantém interesse por Kleber e nega ter pedido desculpas

Atualizado: Sexta-feira, 24 Junho de 2011 as 9:26

Kleber disse que aceita ouvir proposta do Fla

(Foto: Piervi Fonseca / Agência Estado)

  A presidente do Flamengo, Patricia Amorim, confirmou que ligou para o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, mas negou que tenha pedido desculpas por ter feito a proposta por Kleber. Nesta quinta-feira, o dirigente do clube paulista revelou a conversa com a do Rubro-Negro e procurou encerrar a possibilidade de uma transferência do atacante.     - Não acredito que o Flamengo ainda tenha intenção de levar o Kleber. Conversei com a Patricia na última segunda-feira. Ela se desculpou por ter entendido algo diferente (em relação ao contrato do atacante).

Patricia explicou que a intenção era fazer o contato antes que o interesse no jogador se tornasse público e ainda assim fez o telefonema.

- Liguei para ele na segunda-feira, pois queria esperar passar o fim de semana por conta dos jogos. Apesar de ter assinado a proposta na sexta, queria ter falado com ele antes que a oferta se tornasse pública. Mas a coisa vazou. Mesmo assim encaminhamos o e-mail e a carta. Não chegou a ser um pedido de desculpas. Não retiro a proposta, está de pé e falei isso com ele. Não teria motivo para pedir desculpas porque fazer uma proposta é algo normal. Qualquer empresa pode fazer isso quando se interessa por algum profissional - afirmou.

Apesar de Tirone considerar o assunto encerrado, a presidente do Flamengo diz que o clube ainda estuda uma forma de investir no jogador. No sábado passado, o Flamengo fez uma proposta de € 3 milhões (cerca de R$ 7 milhões) por 50% dos direitos econômicos de Kleber - a outra metade pertence ao Cruzeiro. A oferta foi recusada pelo Verdão. Os cariocas estudam a possibilidade de pagar a multa rescisória de € 6 milhões (equivalente a R$ 13,7 milhões), valor estabelecido por Palmeiras e Cruzeiro e firmado em documento. Desta maneira, o Alviverde não teria como frear o negócio, e a decisão ficaria com o jogador.

- O Flamengo não abandonou. Sabemos que é difícil, mas vamos estudar a possibilidade de fazer uma nova proposta. Caso seja possível, será feita.

O presidente alviverde diz que a multa rescisória acertada com Kleber é muito maior do que a oferta rubro-negra e ultrapassa os R$ 100 milhões. De fato há uma multa entre Kleber e Palmeiras em caso de rescisão antes do término do contrato (junho de 2015), mas ela não inviabilizaria o negócio. O valor exato é de R$ 240 milhões.

Na última quarta-feira, Kleber reafirmou seu desejo de permanecer no Palmeiras, mas não descartou ouvir a oferta do Fla.

Por ora, André também não está descartado

André, que já foi a primeira opção do Flamengo para o ataque, ainda não saiu da pauta. O jogador pertence ao Dínamo de Kiev e tem contrato até 2015. Há um ano, os ucranianos pagaram € 8 milhões (cerca de R$ 18 milhões) ao Santos e pretendem recuperar boa parte do investimento. Patricia Amorim, no entanto, diz que o negócio é complicado.

- Não desistimos de ninguém. As coisas esfriam e esquentam a todo momento. Às vezes, você tem de falar com um lado para depois falar com outro. Mas é muito difícil (o caso de André). Falamos com muita gente. Todo dia alguém oferece algum jogador. Sabemos que precisamos trazer (reforços).          

veja também