MENU

Patricia não vê maldade em episódio no sábado e prega tranquilidade

Patricia não vê maldade em episódio no sábado e prega tranquilidade

Atualizado: Segunda-feira, 5 Setembro de 2011 as 2:04

Patrícia Amorim: "Não existe problema interno"

(Foto: Márcia Feitosa / Vipcomm)

  O episódio acontecido antes do treino do Flamengo no sábado de manhã, no Ninho do Urubu, teve efeito até entre a presidente do clube, Patricia Amorim, que minimizou o ocorrido. No momento em que Vanderlei Luxemburgo começava sua minipreleção antes do treinamento, um ruído inconfundível foi ouvido no campo. Alguém havia soltado um sonoro pum. Irritado com o que considerou falta de respeito, Luxa se retirou para sua sala para que encontrassem um culpado no grupo. Já se sabe que foi um jogador mais jovem.

- Não acho que foi uma maldade. É um grupo com uma porção de gente que convive junta, aconteceu no momento. Os jogadores resolveram ali na hora, não teve desdobramentos. Sem problema algum - garantiu a presidente Patricia Amorim.

A dirigente, que costuma aparecer nas atividades de sábado, não compareceu ao treino no dia do caso curioso.

Patricia analisou o momento do Rubro-Negro, que completou sequência de seis jogos sem vitória: Figueirense (2 a 2), Atlético-GO (1 a 4), Internacional (2 a 2), Vasco (0 a 0), Avaí (2 a 3) e Bahia (1 a 3). Ela lamentou os problemas médicos de Aírton, Alex Silva e a convocação de Ronaldinho.

- Os desfalques, num esporte coletivo, têm um efeito bastante grande. O time fica desfigurado. Além disso, tem o desgaste por conta da sequência de jogos.

Tranquila, Patricia Amorim admitiu que a fase não é boa, mas deixou claro que não detectou nenhum problema interno ou que possa trazer maiores consequências.

- Não existe problema interno, nem desgaste. Estive sexta-feira no Ninho do Urubu, e percebi tudo bem, natural - completou a dirigente.

Na próxima quinta-feira, o Flamengo enfrentará o líder Corinthians, às 21h50m, no Pacaembu.

Preparador confirma brincadeira escatológica

O preparador físico, Antônio Mello, confirmou o fato ocorrido no treino de sábado. Mas, assim como Patricia Amorim, ele deu o caso como superado.

- Não teve incidente nenhum. A pessoa que deu a notícia, aqui de dentro, teve muita maldade. Nós rimos muito, porque acontece, são coisas naturais da vida. Na hora, o Vanderlei achou falta de educação, mas depois começamos a rir. Não há nenhum problema entre o grupo e a comissão técnica - afirmou Mello, em entrevista à Rádio Brasil.              

veja também