MENU

Paula Pequeno volta, e Brasil vence segundo amistoso contra Alemanha

Paula Pequeno volta, e Brasil vence segundo amistoso contra Alemanha

Atualizado: Quinta-feira, 22 Julho de 2010 as 2:32

O segundo encontro da torcida mineira com a seleção brasileira feminina de vôlei foi ainda mais tranquilo. Com Paula Pequeno no lugar de Jaqueline, o Brasil venceu a Alemanha por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/17 e 25/15. O jogo fechou a série de amistosos das duas seleções antes do Grand Prix, que acontece entre 6 e 29 de agosto.

O técnico José Roberto Guimarães elogiou, não apenas o comportamento do time em quadra, mas também o da torcida, na arquibancada. Na véspera, ele havia criticado os torcedores por pedir a entrada de Fabíola no lugar de Dani Lins.

- Serviu para ver que o passe está bem e o nosso saque tático está complicando os adversários. Ontem, eu achei que a torcida atrapalhou ao gritar o nome da Fabíola. A Dani (Lins) perdeu o chão. Hoje foi bem melhor - disse Zé Roberto.

As duas equipes começaram errando muito. Tanto que os dois primeiros pontos do jogo – um para cada lado – nasceram de falhas no saque da alemã Weiss e de um erro de Paula Pequeno, no contra-ataque. Aos poucos, brasileiras e alemãs foram acertando a mão e o jogo seguiu equilibrado até 23 a 21. O set foi também uma disputa particular entre a oposto Sheilla, que marcou seis pontos, e a capitã da Alemanha, Kozuch, que fez cinco. Em ace de Thaísa, o Brasil fechou em 25 a 21.

Ao contrário do que aconteceu no primeiro amistoso, na terça-feira, quando a seleção brasileira voltou desligada para o segundo set, desta vez não houve apagão. Com o bloqueio funcionando e Dani Lins variando bem as jogadas, o Brasil abriu boa vantagem, logo após a segunda parada técnica, e fechou o set em 25 a 17.

O Brasil voltou para o terceiro set com Fabíola no lugar de Dani Lins. As alemãs chegaram a abrir 6 a 2, mas três defesas da líbero Fabi incendiaram a torcida e o time. A seleção, então, cresceu no jogo e foi para a parada técnica, vencendo por 8 a 7. Depois disso, a partida ficou ainda mais fácil e a vitória foi selada em 25/15.

veja também