MENU

Paulistas fazem a festa no Rio Surf Pro

Paulistas fazem a festa no Rio Surf Pro

Atualizado: Terça-feira, 6 Maio de 2008 as 12

Diego Santos derrota Heitor Pereira na final da melhor etapa da história do Brasil Tour, na Praia de Grumari

 

Em dia de decisão do Campeonato Carioca no Maracanã, uma final paulista no Rio Surf Pro, neste domingo, 04 de maio, nas ótimas ondas de cerca de 1,5 metro de Grumari. Únicos surfistas de São Paulo a passarem para as quartas-de-final da competição, Diego Santos, de Ubatuba, e Heitor Pereira, do Guarujá, roubaram a cena e levaram o título da segunda etapa do Brasil Tour para São Paulo. Na grande decisão, Dieguinho foi melhor, com 13,33 pontos contra 7,47 de Pereira, e conquistou sua primeira vitória em etapas nacionais, garantindo 1.000 pontos no ranking e o prêmio de R$ 10 mil.

Para chegar à final, Diego Santos passou pelo rubro-negro Gabriel Pastori, enquanto Pereira superou o alvinegro Pedro Henrique, impedindo a primeira disputa entre Flamengo e Botafogo do dia.  Os dois finalistas comemoraram muito os pontos no ranking, um grande passo para buscar um lugar no Supersurf de 2009, já que os 12 primeiros do Brasil Tour garantem suas vagas.

"Fico muito feliz de chegar à minha segunda final e minha segunda vitória como profissional", disse Dieguinho, que recentemente venceu uma etapa do Circuito Paulista. "O campeonato foi sensacional, com altas ondas desde o primeiro dia, com nomes de peso como Raoni, Vitinho, Pedro Henrique, e sair daqui em primeiro me deixa realmente muito feliz e com a vaga no SuperSurf praticamente garantida".

Integrante da elite brasileira em 2005, Heitor Pereira, assim como Diego Santos, fez sua primeira final no Brasil Tour, e também comemorou muito a segunda colocação, que lhe dará importantes 860 pontos no ranking.

"Vim para o Rio sem saber como se chegava a Grumari, nem tinha pranchas para as condições pesadas dos dois primeiros dias e o meu amigo Jano Belo me emprestou as dele. Só posso estar muito satisfeito com o meu desempenho, pena que na final eu não consegui repetir o que tinha feito até então", disse Pereira.

O último dia do Rio Surf Pro começou com a vitória de Pastori sobre o cearense André Silva, com 10,40 a 8.93 pontos. Logo depois, dois dos favoritos da torcida de Grumari, Leandro Bastos e Jorge Spanner foram derrotados justamente pelos finalistas. Dieguinho superou Leandrinho por 10,67 a 8,86, enquanto Pereira venceu Spanner por 15,73 a 13,17, na bateria que marcou a grande melhora das condições do mar. Na última quartas-de-final, Pedro Henrique mostrou mais uma vez um surfe de alto nível técnico e cravou 17,33 Além da melhor pontuação deste domingo, Pedrinho teve ainda quatro ondas entre as dez melhores da competição, inclusive um dez unânime.

veja também