MENU

Pelé e Vila Belmiro lotada recebem Robinho no retorno do atacante ao Santos

Pelé e Vila Belmiro lotada recebem Robinho no retorno do atacante ao Santos

Atualizado: Segunda-feira, 1 Fevereiro de 2010 as 12

Com grande presença de público na Vila Belmiro, o Santos apresentou nesta segunda-feira o atacante Robinho, seu maior reforço para 2010. O jogador chegou de helicóptero ao estádio e foi recepcionado pessoalmente por Pelé, maior ídolo da história do clube.

"Este é um momento que vai ficar gravado na minha vida", disse o jogador.

Campeão brasileiro em 2002 e 2004 pelo time do litoral paulista, o jogador foi emprestado pelo Manchester City até 4 de agosto deste ano, data da partida final da Copa do Brasil.

O Santos não pagou nada pela transferência, mas terá que arcar com o salário de cerca de R$ 1 milhão de reais do atacante, que aceitou reduzir seus vencimentos.

Segundo o presidente santista, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, um grupo de empresas vai bancar a maior parte do salário de Robinho.

Depois de cumprimentar Pelé, Robinho vestiu uma camisa comemorativa referente a sua volta ao Santos, acenou para a torcida e fez embaixadinhas com a bola. Em seguida, subiu a um palco e cantou com o cantor santista Chorão.

"Temos aí Neymar, o Ganso, grandes garotos, grandes jogadores. A equipe agora só precisa se firmar e pegar confiança. Agora, com um jogador com o Robinho, o Santos vai ter um elenco maravilhoso. Eu já paguei meu camarote ali para sofrer", disse Pelé.

Pouco aproveitado pelo técnico italiano Roberto Mancini no time titular do Manchester City, Robinho disse há pouco mais de uma semana que deixaria o clube inglês, que pagou 32,5 milhões de libras (cerca de R$ 97 milhões) ao Real Madrid para tê-lo.

Desde então, o jogador expressou sua preferência por voltar ao clube que o revelou, apesar de o São Paulo também ter se mostrado disposto a tentar contratá-lo.

A negociação foi selada na última quinta, depois que uma delegação enviada pelo Santos a Manchester se encontrou com a alta cúpula do City.

Robinho, que voltará a usar a camisa 7 no Santos (foi 10 no Real Madrid e no Manchester City) deve reestrear no futebol brasileiro no clássico contra o São Paulo, neste domingo, pelo Campeonato Paulista.

O atacante foi revelado nas categorias de base do Santos e começou a atuar no time profissional em 2002, conquistando o Campeonato Brasileiro logo em seu primeiro ano na equipe adulta --venceu novamente em 2004.

Foi para o Real Madrid em uma transação polêmica, por US$ 30 milhões, em que deixou de treinar e atuar durante o período de negociação.

Alternando bons e maus momentos, deixou o clube espanhol em 2008, com uma nova polêmica: deu entrevistas pedindo para ser negociado com o Chelsea, mas acabou no City. Pouco aproveitado, novamente pediu para sair.

veja também