MENU

Pelé elogia entrada de Ronaldo no Comitê da Copa de 2014

Pelé elogia entrada de Ronaldo no Comitê da Copa de 2014

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 4:22

A notícia de que Ronaldo fará parte do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014 (COL) agradou ao Rei Pelé. Durante evento para o lançamento da campanha do centenário do Santos, o Embaixador do Governo Federal para o Mundial comentou sobre a participação do Fenômeno nas ações para o torneio.

- Acho que deveríamos acabar com as brigas e rivalidades com a CBF e procurar trabalhar para que tudo saia bem. Fico feliz porque o Ronaldo é um vencedor, que sempre deu a volta por cima na carreira – disse Pelé.

Pelé é Embaixador do Governo Federal para a Copa do Mundo (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com) O Rei relembrou que, assim como ele, Ronaldo conseguiu superar problemas de lesões e seguir em frente na carreira de jogador profissional. Por isso, ele acredita que o ex-atacante conseguiu preservar uma boa imagem junto ao povo brasileiro.

- Eu 1966 (Mundial da Inglaterra) eu me machuquei e tinha dito que não ia jogar mais. A gente sofre (com lesão), mas a melhor coisa que eu fiz foi ter disputado o Mundial de 1970. O Ronaldo representa isso. Ele vai ser um grande parceiro, adora o Brasil e sempre teve boas apresentações com a Seleção, como eu fiz – disse.

O Fenômeno foi convidado pelo presidente da CBF e do COL, Ricardo Teixeira, para ser o homem forte da Copa de 2014. O ex-camisa 9 aceitou o chamado e será apresentado quinta em uma coletiva no Rio de Janeiro.

Pelé x Romário

Durante o evento com o Santos, Pelé voltou a ser questionado sobre as declarações de Romário a seu respeito. No mês passado, quando participou de uma campanha ao lado de Neymar, o Baixinho fez duras críticas ao Rei e chegou a insinuar que ele recebe dinheiro da CBF para não questionar a entidade que comanda o futebol brasileiro e nem seu presidente, Ricardo Teixeira.

- Continuo dizendo, todos sabem da minha admiração pelo Romário, somos amigos e sempre que me encontra ele me abraça. Às vezes acho que ele entra na dos jornalistas, que sempre jogam uma casca de banana para ver se a gente escorrega. Depois ele encontra comigo e pede desculpas. Mas eu não tenho nada contra ele.        

veja também