MENU

Penarol perde sede, mas não a vontade de ficar famoso no Brasil

Penarol perde sede, mas não a vontade de ficar famoso no Brasil

Atualizado: Quinta-feira, 17 Fevereiro de 2011 as 4:25

Os 80 mil habitantes de Itacoatiara, no interior do Amazonas, não aguentam mais explicar. O time da cidade é Penarol. Não Peñarol, equipe do Uruguai! Até a CBF já pisou na bola. Na tabela oficial da Copa do Brasil, está Peñarol escrito com til. Mas agora o Brasil já entendeu: é Penarol .     Qual a razão desse nome? É porque a equipe uruguaia fez uma excursão pelo Brasil em 1946. Não só viajou de barco de Belém até Manaus, pelo Rio Amazonas, como desembarcou nessa cidade. Foi o suficiente para inspirar a criação de um novo clube, como conta o diretor Inácio Cavalcanti.

- A população, sabendo do que se tratava, convergiu para o estádio a fim de ver o time. E isso ficou marcado na história dos itacoatiarenses. Um ano depois, jovens da cidade decidiram criar um clube. Quando foram dar o nome, pensaram em Amazonas, Rio Negro e Portuguesa. Mas na hora da votação, Penarol foi escolhido. Aí veio a aportuguezação, né - lembrou.     Em relação às cores, nada de preto e amarelo como o clube original. Azul e branco para agradar aos torcedores do Nacional, de Manaus, maior time do estado. Aliás, o Peñarol "legítimo" já mandou recado para o irmão mais novo.

- Quando fomos campeões, veio mensagem do Uruguai que o Penarol tinha saído vencedor porque era parecido com o Peñarol do Uruguai - recordou o diretor Francisco Grana, em alusão à conquista do Campeonato Amazonense do ano passado.

Onde nasceu a cidade, foram encontradas pedras com pinturas de índios. Itacoatiara significa pedra pintada, em Tupi Guanari. No verão, o Rio Amazonas cobre as pedras famosas. Algo muito bonito de se ver. Mas, hoje, o ponto turístico da cidade é outro: a Padaria do Daniel. É só entrar pra ver de perto o orgulho de Itacoatiara. O troféu do título estadual. Como o clube está sem sede, a relíquia fica na padaria, um dos patrocinadores do time, que tem poucos recursos.

A folha salarial do Penarol é de R$ 50 mil. Os jogadores não vão de carro importando para os treinos. Chegam de bicicleta mesmo. O estádio foi reformado para receber o jogo contra o Paysandu, na próxima quarta-feira, dia 23 deste mês, pela primeira fase da Copa do Brasil. Participar pela primeira vez num torneio nacional vai fazer todos falarem corretamente o nome do time, que pode ficar famoso no país inteiro.    

veja também