MENU

Pensando em Copa do Brasil, São Paulo faz teste de luxo com Mirassol

Pensando em Copa do Brasil, São Paulo faz teste de luxo com Mirassol

Atualizado: Domingo, 3 Abril de 2011 as 2:06

No São Paulo, a derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz, no duelo de ida pela segunda fase da Copa do Brasil, ainda gera dor de cabeça. A possibilidade de uma eliminação precoce no torneio assusta diretoria, comissão técnica e jogadores. Antes da "decisão", porém, o time faz um teste de luxo contra o Mirassol, neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Barueri, pelo Paulistão. Com uma das melhores equipes do interior paulista, o Mirassol oferece desafio semelhante ao do Santa: time bem fechado na defesa e com opções ofensivas de valor. Um bom "sparring", como se diz no boxe, para o Tricolor se preparar antes de pegar o Santa Cruz.

No Paulistão, o São Paulo já está classificado e tem como única aspiração a busca pela liderança e a consequente vantagem nas próximas fases. Com 34 pontos, o São Paulo pode atingir a ponta se vencer e o Palmeiras não conseguir passar pelo Santos, em clássico a ser disputado no mesmo horário, na Vila Belmiro.

O Mirassol tem 27 pontos e está firme no G-8. Uma vitória contra o São Paulo classifica o time à próxima fase, já que a Portuguesa perdeu por 2 a 0 para o Noroeste, no sábado.

O jogo começa às 16h. Paulo César de Oliveira será o árbitro, auxiliado por Vicente Romano Neto e Alex Alexandrino. Os assistentes adicionais serão Paulo Roberto de Sousa Jr e Camilo Morais Zarpelão.

O que está em jogo

São Paulo: a liderança do campeonato, em caso de tropeço do Palmeiras contra o Santos. E também a confiança para o jogo de quarta-feira. Uma vitória convincente na Arena Barueri pode dar ao time a certeza de que será possível superar bem a defesa do Santa Cruz, para garantir a classificação à próxima fase da Copa do Brasil.

Mirassol: a classificação para a próxima fase. Se vencer, o time está dentro, já que chegaria a 30 pontos faltando duas rodadas para o fim. A Portuguesa, nona colocada, tem 22. O time nunca venceu um dos grandes (São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos) e busca a quebra dessa marca no domingo.

As escalações

São Paulo: Com desfalques, o técnico Paulo César Carpegiani teve de promover mudanças no time. Dagoberto, Rhodolfo e Ilsinho estão suspensos. Rivaldo, que jogou contra o Santa Cruz, retorna ao banco de reservas, segundo informações da comissão técnica. Casemiro e Rodrigo Souto disputam uma vaga no meio-de-campo. O time deve ser formado por Rogério Ceni, Xandão, Alex Silva, Miranda e Juan; Rodrigo Souto (Casemiro), Jean, Carlinhos Paraíba e Lucas; Fernandinho e Willian José.

Mirassol: o time está desfigurado, com quatro importantes titulares suspensos: o goleiro Fernando Leal, o zagueiro Gustavo Bastos, o meia Marcelinho e o atacante Serginho. O técnico Ivan Baitello teve de quebrar a cabeça para definir os substitutos, mas ao menos tem um alento. Xuxa está de volta depois de ter cumprido suspensão. O time: Fernando Silva, Samuel, Luiz Henrique, Dézinho e Renato Peixe; Magal, Jairo, Otácilio, Diego e Xuxa; Wellington Amorim.

Fique de olho

São Paulo: Willian José será o comandante do ataque ao lado de Fernandinho. O camisa 19 ganha nova chance - talvez a última antes da estreia de Luís Fabiano. Por isso, o garoto mostra muita vontade de corresponder e se tornar titular da equipe. Ele tem seis jogos e um gol pelo Tricolor.

Mirassol: Xuxa volta de suspensão e o time agradece. O camisa 10 é o cérebro da equipe e é muito perigoso com a perna esquerda. Além de deixar os companheiros na cara do gol, ele já marcou oito vezes e é o artilheiro do Mirassol no Paulistão.

O que eles disseram

Paulo César Carpegiani, técnico do São Paulo: 'Só vamos pensar no jogo do Santa Cruz a partir de segunda-feira. Agora é hora do Mirassol, um adversário complicado e que faz boa campanha na competição. Por isso, falei aos meus jogadores que temos de centralizar tudo no jogo de domingo'.

Ivan Baitello, técnico do Mirassol: 'Não há como negar que estamos em uma posição confortável. No entanto, temos que nos atentar, pois teremos três duelos bastante complicados. São nestes momentos em que temos de redobrar nosso cuidado'.

Números e curiosidades

* São Paulo e Mirassol jogaram apenas três vezes na história e a vantagem é toda tricolor. São duas vitórias e um empate no confronto, com oito gols pró e apenas dois contra. O time do interior costuma ter dificuldades contra os grandes.

* Isso porque o Mirassol nunca venceu São Paulo, Corinthians, Palmeiras e Santos. Em 15 jogos, foram oito derrotas e sete empates contra os rivais mais badalados.

* O São Paulo retorna à Arena Barueri uma semana depois do gol 100 de Rogério Ceni. Lá, as lembranças são sempre ótimas. Em dez jogos, são sete vitórias e só três derrotas, com 24 gols marcados e 13 sofridos.

Último confronto

São Paulo e Mirassol se enfrentaram pela última vez no Paulistão do ano passado. Foi a vez em que o time do interior esteve mais próximo de vencer um grande. Logo aos 6 do primeiro tempo, Evando abriu o placar no estádio José Maria Campos Maia, em Mirassol. O time soube se segurar até os 43 da segunda etapa, quando Richarlyson salvou o São Paulo e definiu o placar: 1 x 1. (veja no vídeo ao lado os gols da partida)

veja também