MENU

Pezão questiona lesão de Lesnar e sonha em lutar contra "puxa-saco e sujo" Barnett

Pezão questiona lesão de Lesnar e sonha em lutar contra "puxa-saco e sujo" Barnett

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 3:33

A grande luta do próximo UFC 131 seria entre Brock Lesnar e Cigano, mas o americano alegou uma diverculite e o combate acabou cancelado. Essa doença, porém, não foi muito aceita por todos. Nesta segunda-feira, foi a vez do brasileiro Antonio Silva, o Pezão, questionar Lesnar e dizer que tem as suas dúvidas sobre o caso.

“Não quero julgar ninguém e realmente desejo que a doença não seja um grande problema para Lesnar, mas eu tenho minhas dúvidas. Aquele cara grande não gosta de apanhar. Em suas últimas lutas, foi colocado em posição fetal por Shane Carwin e Cain Velásquez, o que é humilhante para um treinador. Acho que ele desistiu dessa luta contra o Cigano porque ele é muito bom na trocação e um oponente muito duro para quem não gosta de apanhar”, afirmou Pezão ao site Sherdog.com.

O brasileiro ganhou grande destaque na mídia após derrotar e quase aposentar a lenda Fedor Emilianenko, em fevereiro. Pezão, porém, só quer pensar e responder sobre as suas próximas lutas. Ele vai enfrentar o vencedor de Fabrício Werdum e Alistair Overeem na semifinal dos pesos pesados do Strikeforce 2011, mas já está pensando mais para frente.

Pezão quer chegar à disputa do título do Strikeforce e espera encontrar Josh Barnett. O motivo: ele acha que o americano não respeita lutadores brasileiros e é um verdadeiro puxa-saco de Dana White, presidente do UFC, e Lorenzo Fertitta, CEO da marca.

“Luto desde 2004 e nunca tive problemas com nenhum outro atleta, mesmo com os mais arrogantes. Amizade, para mim, é tudo, mas Josh é um cara estranho, um cara que nem te cumprimenta quando entra no elevador, nem mesmo fala um ‘bom dia’. E é assim que ele trata os lutadores brasileiros especificamente. É a mesma coisa que faz com Werdum”, afirmou Pezão.

“Mas quando Barnett vê Fedor, Dana White ou Fertitta, vai correndo para sentar ao lado deles e fica lá o tempo todo. Ele me irrita. É o clássico puxa-saco, um cara grosseiro. Eu realmente quero encarar o Barnett e já disse que o considero um cara sujo. Mesmo que ele seja um grande lutador, vou derrota-lo e deixá-lo com os dois olhos fechados”, completou.

O brasileiro quer fazer a final do Strikeforce contra seu desafeto Barnett

Crédito da imagem: Sherdog.com  

veja também