MENU

Pierre elogia estilo de Felipão, mas faz alerta: 'É hora de correr atrás'

Pierre elogia estilo de Felipão, mas faz alerta: 'É hora de correr atrás'

Atualizado: Quarta-feira, 21 Julho de 2010 as 10:06

Pierre brinca com a bola durante treino do Verdão

(Foto: José Luis da Conceição / Agência Estado)  

A chegada de Luiz Felipe Scolari ao Palmeiras deu um gás no elenco alviverde. Pelo menos é o que costuma dizer a maioria dos jogadores quando o assunto é o treinador. Agora, segundo Pierre, é hora de o elenco mostrar serviço dentro de campo. Afinal, após nove rodadas, o Verdão aparece é apenas o 11º do Brasileirão. - Minha motivação está em alta, os jogadores estão felizes com a chegada do Felipão. O que precisamos buscar agora é uma boa sequência de vitórias. Os times que estão na frente já se distanciaram um pouco, então é hora de correr atrás – falou o volante, durante evento de lançamento da nova camisa alviverde.

No retorno do Campeonato Brasileiro depois da Copa do Mundo, o Verdão venceu o Santos por 2 a 1, no Pacaembu, mas perdeu do Avaí por 4 a 2, em Florianópolis.

Felipão estreou oficialmente no duelo no sul do país. Agora, ele estreará em casa nesta quinta-feira, no duelo do Palmeiras com o Botafogo, no Pacaembu, às 21h. A proximidade com o técnico agrada bastante o volante Pierre.

O Felipão me agrada bastante, porque ele é rígido, procura extrair o máximo de cada atleta. Mas ao mesmo tempo é um paizão" Pierre - O Felipão me agrada bastante, porque ele é rígido, procura extrair o máximo de cada atleta. Mas ao mesmo tempo é um paizão. Espero corresponder e atender a tudo que ele vem pedindo – comentou Pierre.

Ainda segundo o volante, o torcedor que for ao Pacaembu na quinta-feira vai ver um Verdão ainda mais motivado. Por isso, ele espera o apoio.

- Sabemos da grandeza do Palmeiras, é um clube que vive de títulos. Mas a torcida tem de estar do nosso lado, como sempre esteve nos últimos jogos. Contra o Botafogo, eles verão um time aguerrido e buscando a vitória a todo o momento. Por isso sei que vão nos apoiar – finalizou o meio campista.

  Por Diego Ribeiro e Leandro Canônico São Paulo

veja também