MENU

Pierre recusa propostas e quer recuperar espaço: 'Vou dar a resposta'

Pierre recusa propostas e quer recuperar espaço: 'Vou dar a resposta'

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 3:53

Pierre deseja recuperar espaço no time do Palmeiras (Foto: Diego Ribeiro / GLOBOESPORTE.COM)

  O volante Pierre só jogou uma partida em 2011: o amistoso contra o XV de Piracicaba, ainda no início de janeiro. Depois disso, passou quatro longos meses em recuperação de uma cirurgia para curar a fascite plantar (inflamação na sola) que tinha no pé direito. De volta à equipe, o camisa 5 está determinado a recuperar seu espaço no elenco de Luiz Felipe Scolari. Para isso, recusou proposta recente de Atlético-PR e sondagens de outros clubes brasileiros. Ele quer "renascer" no Verdão e deve ser relacionado para o duelo contra o Botafogo, domingo, às 16h, na estreia das equipes no Campeonato Brasileiro.

- Preferi ficar pela identificação. Não posso pegar quatro ou cinco anos de Palmeiras e jogar para o alto. Sei que minha saída da equipe não foi por questão técnica, mas sim pelas contusões que tive. Ano passado fiquei sete meses jogando no sacrifício, com inúmeras infiltrações, mas o Palmeiras é minha casa. Tive muitas propostas para sair, até de clubes da Europa, mas não é o momento de sair. Tenho certeza de que vou dar a resposta - afirmou Pierre.

Confiante, o camisa 5 tem de enfrentar dura concorrência para retomar a posição de titular. No meio-campo, Márcio Araújo e Marcos Assunção são titulares incontestáveis de Felipão - o primeiro é até tratado como queridinho pelo técnico. Na reserva, Chico e João Vitor agradam e também buscam vaga na equipe.

Nada disso incomoda Pierre. No clube desde 2007 e com 198 jogos pelo Alviverde no currículo, o volante assegura que ainda mantém o status de "Guerreiro", apelido dado pela torcida palmeirense por demonstrar muita raça. Na vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, pela Copa do Brasil, ele voltou a ser relacionado e ficou no banco de reservas. Aos poucos, o camisa 5 vai reconquistando o elenco - agora sem problemas físicos para atrapalhar.

- A briga é boa, tenho um carinho pelo Márcio, Assunção, Chico, João... Mas sei do meu potencial e minha capacidade, se a oportunidade aparecer certamente vou agarrar. Quero voltar a ser o Pierre de antigamente. Claro que as lesões atrapalharam muito, mas esse ano quero estar livre delas e fazer meu melhor - disse o volante.

Além da lesão na planta do pé direito, Pierre sofreu com um problema no ligamento do tornozelo no fim de 2009. Operado, só voltou a jogar no ano seguinte. Depois disso, passou a conviver com o problema no pé - que apareceu em meados de junho - e foi para o sacrifício até o fim do Brasileirão. Depois do amistoso de janeiro, o departamento médico optou pela intervenção cirúrgica        

veja também