MENU

Pinheiros se recupera, vence Bauru e se isola na liderança do NBB

Pinheiros se recupera, vence Bauru e se isola na liderança do NBB

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 8:57

Com uma grande atuação de Shamell e uma boa recuperação no segundo tempo, o Pinheiros conseguiu se isolar na ponta do NBB. O americano foi o cestinha da partida com 33 pontos, 27 deles marcados na segunda etapa, e foi fundamental para a vitória da equipe sobre o Bauru por 94 a 89 (39 a 51 no intervalo), fora de casa, pela terceira rodada do returno.

- Falei no intervalo que a gente tinha 20 minutos para resolver o jogo e nos primeiros minutos do terceiro quarto, a vontade da gente, a pegada da gente estava diferente - afirmou Shamell.

Com um ataque bem dividido, o Pinheiros pulou na frente e manteve a diferença na casa dos seis pontos até a metade do primeiro quarto. Foi quando Douglas Nunes resolveu aparecer e, com oito pontos, tomou conta do garrafão e equilibrou o jogo para o Bauru. Empurrado pela torcida, o time da casa subiu de produção, virou o placar e fechou a primeira parcial vencendo até com certo conforto, por 25 a 18.

O apagão do Pinheiros cruzou a virada do primeiro período para o segundo. Douglas continuava inspirado embaixo da cesta e chegou à marca de 14 pontos antes do intervalo. Quando parecia que o jogo estava sob controle para os anfitriões, o Pinheiros resolveu reagir. No ritmo do argentino Figueroa, que pontuava bem, os visitantes não deixaram o rival deslanchar. Na saída para o intervalo, o Bauru vencia por 51 a 39.

Na volta do vestiário, porém, foi o Bauru que parecia desatento. Por outro lado, Shamell retornou bastante acordado. O americano acertou as duas bolas de três que tentou e marcou 14 pontos no terceiro quarto para comandar a reação do Pinheiros e empatar a partida em 70 a 70.

O jogo seguiu equilibrado e nervoso até o fim. Shamell seguiu se destacando, enquanto Larry, bem marcado, encontrava dificuldades. A torcida tentava empurrar os donos da casa, mas a equipe visitante levou a melhor nos momentos decisivos e venceu a partida por 94 a 89.  

veja também