MENU

Poderio ofensivo cria 'problema' para Ricardo Gomes escalar Diego Souza

Poderio ofensivo cria 'problema' para Ricardo Gomes escalar Diego Souza

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 10:03

Do meio para frente, tudo tem corrido bem para o Vasco nos últimos jogos. Na Taça Rio, o time tem média de três gols por jogo. O bom desempenho dos apoiadores e atacantes, no entanto, acaba por deixar o técnico Ricardo Gomes em uma sinuca de bico. Como encaixar na equipe o meia Diego Souza, que será regularizado durante a semana e, de acordo com o planejamento inicial, fará sua estreia contra o Botafogo, domingo, no Engenhão?

O comandante vascaíno reconheceu que terá que quebrar a cabeça, mas está confiante de que, qualquer que seja a formação, o time não perderá seu poder ofensivo.

- Vou ter que reorganizar. É um quebra-cabeça para mim, mas sem problema. Ele entrando ou não, nosso poder de fogo vai continuar. Ele é um grande jogador, e um grande jogador nunca é um problema. Vou ter que descobrir a melhor forma, este é o meu trabalho. Tenho que reclamar quando não tenho peças.

Na última semana, Gomes disse que sua ideia inicial era de que Diego Souza fosse titular no clássico. Ao que parece, a vitória sobre o Madureira por 4 a 2, no domingo, parece ter criado uma dúvida no treinador.

- Não tenho esta resposta ainda, só terei na sexta-feira. Não tenho nenhuma obrigação de colocá-lo. Não precisa ser de imediato. É um jogador que eu gosto, não tem problema nenhum.

Certo mesmo é que Bernardo, autor de três gols no fim de semana, está com o lugar garantido.

- Não tem como tirar (risos) – afirmou Gomes.

O Vasco está em segundo lugar no Grupo A da Taça Rio com seis pontos, atrás apenas do Flamengo, que tem sete. O clássico com o Botafogo será no domingo, às 18h30m (de Brasília), no Engenhão.      

veja também