MENU

Podolski diz que não se recusou a ajudar vítimas de acidente de carro

Podolski diz que não se recusou a ajudar vítimas de acidente de carro

Atualizado: Quarta-feira, 30 Novembro de 2011 as 4:04

Podolski é acusado de não ter dado atenção à

família envolvida em acidente de carro (Reuters) O atacante Lukas Podolski disse que não se recusou a ajudar a família que acabou vítima do acidente de carro que cometeu, na última segunda-feira. De acordo com declarações da polícia à rede "RTL", o jogador do Colônia será investigado por suposta negligência no acidente, que não deixou vítimas.

Edward Paller, que dirigia o veículo, acusou publicamente o jogador de 26 anos de não se preocupar com ele ou com sua filha Fabienne, que teve suspeita de fratura em um osso acima do nariz. Ambos tiveram de ser levados a um hospital. No entanto, Podolski reiterou que fez de tudo para saber do estado deles. - Tentei entrar em contato com a família à tarde, por telefone. Infelizmente, não consegui achá-los. Depois, consegui falar com a esposa de Edward. Perguntei como estavam os dois e pedi desculpas pela batida. Disse ainda que procurarei imediatamente uma forma de compensar e chegar a um acordo - disse o jogador.

O atacante do Colônia comentou ainda ter ficado surpreso pelas acusações feitas, e pela atenção da imprensa ao fato.

- Acho que o público está mais interessado na família do que no próprio acidente - comentou.

Podolski também revelou ter sentido algumas dores na costela após a batida, mas deve entrar em campo na partida de sábado diante do Stuttgart, fora de casa, pelo Campeonato Alemão. O time ocupa uma modesta 12ª colocação, com 16 pontos.      

veja também