MENU

Polícia italiana prende ex-jogador acusado de manipulação de jogos

Polícia italiana prende ex-jogador acusado de manipulação de jogos

Atualizado: Segunda-feira, 19 Dezembro de 2011 as 1:47

Cristiano Doni, ex-jogador italiano (Foto: Divulgação) A polícia italiana prendeu nesta segunda-feira 17 pessoas - entre elas o ex-meia Cristiano Doni, que disputou a Copa de 2002, e outros quatro jogadores de divisões inferiores - acusadas de participarem de um esquema de manipulação de resultados. Doni teria ajudado a influenciar o placar de três partidas do Atalanta na temporada passada, quando a equipe disputava a Segundona, e foi detido por tentar acabar com algumas provas e por ter tentado comprar o advogado de outro investigado para que não falasse com os policiais.

O Atalanta, que atualmente está na Primeira Divisão, teve que pagar € 80 mil (R$ 193,4 mil) como penalização pelo escândalo e iniciou a competição com seis pontos a menos. Doni já havia sido suspenso por três anos pela Federação Italiana por envolvimento em um caso anterior.

A atual ação da polícia é uma continuação de investigações feitas em junho, quando o ex-jogador Giuseppe Signori, atacante da seleção italiana e de clubes como Lazio e Sampdoria, foi detido com outras 15 pessoas por envolvimento na mesma rede de apostas clandestinas. Os detidos também tinham influência em países do leste europeu.        

veja também