MENU

Por caminhos diferentes, Medina e Alejo vão às quartas em Hossegor

Por caminhos diferentes, Medina e Alejo vão às quartas em Hossegor

Atualizado: Terça-feira, 11 Outubro de 2011 as 3:06

Os caminhos foram bem diferentes, mas o resultado é o mesmo: os dois surfistas brasileiros que estavam na quarta fase da etapa francesa do Circuito Mundial conseguiram pular para as quartas de final em Hossegor. Alejo Muniz avançou “na prancha”, batendo o sul-africano Jordy Smith e o aussie Julian Wilson em sua bateria. Gabriel Medina bateu na trave, perdeu uma disputa acirrada com o americano Kelly Slater por três centésimos e caiu para a repescagem no quinto round – mas se beneficiou de lesão do francês Jeremy Flores e sequer precisou cair na água para seguir na briga pelo título.

Medina não conseguiu bater Slater, mas terá a chance da revanche nas quartas (Foto: ASP/Divulgação)

  A quarta fase começou com o taitiano Michel Bourez passando com certa facilidade ao cravar um somatório 14,57. Ele mandou para a repescagem o americano Taylor Knox, que fez 11,17. O francês Jeremy Flores, com o tornozelo direito machucado, não participou da disputa e avançou para a repescagem como último colocado.

Julian Wilson quebrou sua prancha durante as

disputas desta terça-feira (Foto: ASP/Divulgação)

  Quem se deu bem com a história foi Gabriel Medina. O brasileiro protagonizou uma disputa acirrada com Kelly Slater na segunda bateria do dia. Conseguiu uma nota 15,80, mas foi superado por três centésimos pelo decacampeão, que cravou 15,83 para avançar. Adrian Buchan, da Austrália, conseguiu apenas um 7,83 e também caiu para o quinto round. Medina foi escalado para a segunda bateria da repescagem, ainda nesta terça-feira, mas a ausência de Jeremy Flores coloca o brasileiro direto nas quartas de final - e Slater estará de novo no seu caminho.

Em seguida, Alejo Muniz caiu na água e sofreu para avançar. O brasileiro precisou brilhar na última onda para superar Jordy Smith. Acabou com um somatório 13,10, contra 11,10 do sul-africano e 10,03 de Julian Wilson.

Na última bateria da quarta fase, a primeira surpresa: finalista das últimas três etapas (Taiti, Nova York e Trestles), o australiano Owen Wright conseguiu apenas um 11,10, pior somatório entre os três competidores. Quem venceu com autoridade foi o australiano Taj Burrow, com 17,43, contra 14,13 do americano Damien Hobgood.

Na repescagem, Wright eliminado

A derrota para Burrow e Hobgood era apenas um sinal. Pouco tempo depois, Wright voltou para a água e não conseguiu superar Jordy Smith. Com 10,53, foi eliminado e viu o sul-africano avançar com 14,74. No complemento do quinto round, Taylor Knox (13,50) despachou Adrian Buchan (12,53) , e Julian Wilson (15,16) bateu Damien Hobgood (9,86).

Wilson vai fazer agora um duelo aussis com Taj Burrow nas quartas, enquanto Knox enfrentará Michel Bourez. Os brasileiros não terão moleza pela frente: Medina encara Slater, e Alejo pega Jordy Smith.

Kelly Slater avançou para as quartas após disputa acirrada com Gabriel Medina (Foto: ASP/Divulgação)

  Confira os resultados da quarta fase em Hossegor:

Michel Bourez (PYF) 14,57, Taylor Knox (EUA) 11,17, Jeremy Flores (FRA) lesionado

Kelly Slater (EUA) 15,83, Gabriel Medina (BRA) 15,80, Adrian Buchan (AUS) 7,83

Alejo Muniz (BRA) 13,10, Jordy Smith (ZAF) 11,10, Julian Wilson (AUS) 10,03

Taj Burrow (AUS) 17,43, Damien Hobgood (EUA) 14,13, Owen Wright (AUS) 11,10

Os resultados da quinta rodada (repescagem):

Taylor Knox (EUA) 13,50 x 12,53 Adrian Buchan (AUS)

Gabriel Medina (BRA) x Jeremy Flores (FRA) - com o francês lesionado, não houve bateria

Jordy Smith (ZAF) 14,74 x 10,53 Owen Wright (AUS)

Julian Wilson (AUS) 15,16 x 9,86 Damien Hobgood (EUA)

Os confrontos das quartas de final:

Michel Bourez (PYF) x Taylor Knox (EUA)

Kelly Slater (EUA) x Gabriel Medina (BRA)

Alejo Muniz (BRA) x Jordy Smith (ZAF)

Taj Burrow (AUS) x Julian Wilson (AUS)            

veja também