MENU

Por clássico, Robinho faz novo apelo a Dunga e CBF

Por clássico, Robinho faz novo apelo a Dunga e CBF

Atualizado: Sexta-feira, 26 Fevereiro de 2010 as 12

Para contar com o atacante Robinho no clássico de domingo contra o Corinthians, o Santos dará hoje sua última cartada. A arma: o próprio Robinho.

O jogador está praticamente descartado da partida, válida pelo Estadual, na Vila Belmiro. A diretoria do Santos vem tentando, sem sucesso, conversar com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Após dezenas de telefonemas, e-mails e recados, nenhum retorno.

O presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, diz que, apesar do silêncio da entidade, mantém uma boa dose de esperança. E foi de dentro da própria CBF que recebeu a dica: Robinho deve fazer um apelo a Dunga, que, por sua vez, tem o poder de convencer o presidente Ricardo Teixeira.

"Nossa última tentativa será feita pelo próprio Robinho. A ideia é que ele mesmo ligue para o Dunga, para que o Dunga faça um apelo ao Ricardo Texeira", disse Luis Alvaro. "O Dunga já manifestou que liberaria o Robinho. E o Robinho disse que está louco para entrar e acabar com o jogo", concluiu.

O fato é que o camisa 7 terá de embarcar no sábado com a seleção, que enfrentará a Irlanda na terça-feira, em amistoso em Londres. O Santos quer convencer a CBF a deixá-lo embarcar somente após o clássico.

Mas o próprio Robinho já deu pistas de que não enfrentará o Corinthians, de quem jamais perdeu: são oito vitórias e um empate. Quarta-feira, após vencer o Naviraiense-MS, pela Copa do Brasil, disse: "Acho que viajo no sábado mesmo".

Ou seja: o Cirque du Soleil santista, como definiu Luis Alvaro, deve se apresentar domingo sem seu artista principal. O cartola comparou seu time ao famoso circo para justificar o aumento do preço dos ingressos para o clássico.

"Do ponto de vista do espetáculo, seria um grande perda. A presença do Robinho é muito expressiva", disse o presidente, que não teme que o jogo tenha um apelo menor por conta da ausência do craque. "O elenco está afiado, e já estava bem antes da chegada do Robinho."

Por: Lucas Reis

veja também