MENU

Por fim de ano tranquilo, jogadores do Galo planejam três vitórias seguidas

Por fim de ano tranquilo, jogadores do Galo planejam três vitórias seguidas

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 9:32

Três vitórias nos próximos três jogos. Este é o objetivo do Atlético-MG para deixar para trás de uma vez o fantasma do rebaixamento. Botafogo no sábado, Guarani na quarta-feira, e Santos no outro sábado. Para os jogadores alvinegros, esse será o caminho para um final de temporada mais tranquilo.

O treino atleticano desta quinta-feira foi marcado pelas conversas. Bate-papo antes de ir a campo. Rodinha de conversa ao final da atividade. Qual o assunto? Planos. Os próximos três jogos são o centro das atenções.

- A gente já planejou tudo isso. A gente vai em busca das vitórias. Se vencermos estes três jogos, nós vamos brigar por uma vaga na Sul-Americana, disse o meia Renan Oliveira.

A primeira parada desta série será contra o Botafogo, neste sábado, às 18h30m (de Brasília). O time carioca está bem na competição e ainda costuma engrossar contra os mineiros. Para Renan, o Galo tem a obrigação da vitória, mas tem que tomar cuidado com os pontos fortes do adversário.

- Nosso pensamento, ainda mais neste momento, é procurar vencer sempre. Com o apoio do torcedor temos a obrigação de vencer. Sabemos da qualidade do Botafogo que joga no contra-ataque bem rápido.

O crescimento da equipe na competição credencia os planos do Atlético-MG. Fora da zona de rebaixamento, o discurso dos jogadores é o mesmo de quando estavam na degola: encarar cada partida como uma final.

- Cada jogo é uma decisão, uma guerra pra gente. Este momento que estamos passando nós ainda não vivemos neste campeonato. O bom astral, o prazer de entrar aqui e fazer o que a gente gosta. O Dorival, a cada semana, a cada dia, nos motiva ao máximo para que a gente não perca nosso foco. Com o Dorival é uma outra equipe, uma outra postura. Está em nossas mãos. Temos três jogos importantíssimos. Podemos ter um final de temporada mais tranquilo, ter um alívio, disse o atacante Diego Tardelli.

Para empurrar ainda mais a equipe, o artilheiro espera contar com o apoio da torcida.

- Acho que é o momento. Acho que o torcedor sabe que tem que estar lá. Não tenho dúvidas de que eles vão estar lá nos empurrando, completou o Tardelli.

E o jogador tem razão. Até o início da noite desta quinta-feira, mais de 16 mil ingressos já haviam sido vendidos para a partida, de um total de 18 mil colocados à disposição.

veja também