MENU

Por início forte na Libertadores, Corinthians projeta embalo de dois jogos

Por início forte na Libertadores, Corinthians projeta embalo de dois jogos

Atualizado: Segunda-feira, 8 Fevereiro de 2010 as 12

O jogo diante do Rio Branco, dia 20 de fevereiro, no Pacaembu, será fundamental no planejamento do Corinthians para a estreia na Libertadores. A partida válida pela décima rodada do Paulista será uma espécie de "aquecimento de luxo" antes do esperado confronto com o Racing, dia 24, no mesmo estádio. Até Ronaldo deve entrar nesse esquema.

A equipe alvinegra tem mais três jogos até o primeiro duelo da Libertadores: Portuguesa, Mogi Mirim e Rio Branco. Mano já avisou que usará o que tem de melhor para enfrentar o time lusitano no próximo sábado. Na quarta-feira seguinte, no entanto, deve preservar os mais desgastados e usar um time misto contra o Mogi Mirim, fora de casa.

Assim, a equipe titular idealizada para a estreia na Libertadores entrará em campo contra o Rio Branco para adquirir ritmo e mais entrosamento, mas sem estar tão cansada. Para ajudar, esse jogo do Paulista acontecerá em um sábado. Os titulares terão três dias de intervalo até encarar o Racing.

"Não tenho dúvidas que o rodízio é necessário, as equipes que não fizeram já perderam jogadores importantes. Mesmo que a gente perca um jogo como aconteceu diante da Ponte Preta [2 a 1, na última quarta-feira], precisamos tomar cuidado. E é isso que faremos depois do jogo contra a Portuguesa. Só então nossa estreia se aproximará e repetiremos a base do time que jogará dia 24", adiantou Mano.

Essa escolha coincide com o planejamento feito para Ronaldo. Recuperado de lesão muscular na coxa direita, o atacante passará por uma etapa de treinos fortes para recuperar o tempo perdido. Mas ele só será escalado quando o risco de se machucar for muito pequeno.

"O Ronaldo vai voltar quando estiver bem, mas bem mesmo, para não correr riscos. Lógico que o Ronaldo faz parte da nossa ideia de time ideal, por isso mesmo precisamos ter cuidado", argumentou o treinador.

O jogo contra o Rio Branco se encaixou perfeitamente na estratégia almejada por Mano. Afinal, além dos aspectos físicos e técnicos, o duelo acontecerá no Pacaembu, mesmo palco da estreia na Libertadores. Não há desgaste de viagem e é o lugar onde Ronaldo se sente mais à vontade. Um ensaio perfeito para o primeiro ato corintiano no torneio continental.

Por: Alexandre Sinato

veja também