MENU

Por vaga na Libertadores, Renato admite que torceu para o Inter

Por vaga na Libertadores, Renato admite que torceu para o Inter

Atualizado: Segunda-feira, 22 Novembro de 2010 as 2:55

Quem diria... Renato Gaúcho, técnico e maior ídolo da história do Grêmio, se acomodou diante de um televisor neste domingo e torceu para o Inter. A matemática do Brasileirão exigiu o esforço do símbolo tricolor. Uma vitória colorada sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, ajudaria muito o Grêmio. E foi justamente o que aconteceu. Ao aplicar 2 a 1 no Alvinegro, o Inter deixou seu maior rival um pouco mais perto de vaga na Libertadores da América. E Renato comemorou.

Comemorou, mas com uma ressalva. O treinador lembrou que o Grêmio, caso vença Guarani e Botafogo nas duas últimas rodadas, ficará no G-4 por forças próprias, não por causa do Inter.

- Torci, sim. Torci para o Internacional. Mas o Grêmio não depende disso. O Inter nos ajudou, mas o Grêmio, vencendo Guarani e Botafogo, não precisa disso – afirmou o treinador, em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV.

Ficar em quarto lugar no Brasileirão só dará vaga ao Grêmio na Libertadores se o campeão da Sul-Americana não for um clube brasileiro. Renato lamenta torcer contra Palmeiras e Goiás, que estão nas semifinais da disputa, mas quer uma coroação ao trabalho realizado no Olímpico.   - O grupo do Grêmio é muito forte, é muito bom. Precisava de uns ajustes. Com minha chegada, ajudei a ajustar – comentou o técnico.

Renato Gaúcho começa a preparar, na tarde desta segunda-feira, o time do Grêmio para o jogo contra o Guarani, domingo, em Campinas.    

veja também