MENU

Por vitória no San-São, Casemiro e Danilo deixam a amizade de lado

Por vitória no San-São, Casemiro e Danilo deixam a amizade de lado

Atualizado: Sexta-feira, 26 Agosto de 2011 as 9:09

Destaques da Seleção Brasileira sub-20, campeã sul-americana e mundial da categoria, o volante Casemiro e o lateral-direito Danilo estão agora em lados opostos. No domingo, às 16h (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pela 19ª rodada do Brasileirão, cada um estará defendendo o seu clube. Por isso, os dois serão obrigados a deixar uma recente, mas sólida amizade de lado.

Danilo e Casemiro farão um dos grandes duelos do clássico que será realizado

 na Vila Belmiro, no próximo domingo, pela última rodada do primeiro turno

 do Brasileiro (Foto: Editoria de Arte / GLOBOESPORTE.COM)

  Os dois se aproximaram bastante durante o período de convivência na Seleção sub-20. Foram dois meses, entre dezembro e fevereiro, para a disputa do Sul-Americano do Peru (incluindo o período de preparação na Granja Comary, no Rio de Janeiro). Depois, mais dois meses para o Mundial, na Colômbia (também contando os dias de concentração no Rio)

- No mundo do futebol, você tem muitos colegas e pouquíssimos amigos. Posso dizer que o Danilo é um amigo, um irmão que o futebol me deu. Sempre de alto astral, gosta de um pagode como eu e, acima de tudo, é um cara muito sério, que ajuda sua família. É responsável e pensa no futuro. Será um prazer enfrentá-lo no domingo, vou fazer questão de dar um abraço. Mas, quando a bola rolar, é cada um puxando para o seu lado. Que vença o melhor - afirma Casemiro.

Danilo devolve o agrado e se desmancha em elogios ao amigo. No entanto, assim como Casemiro, afirma que, por 90 minutos e mais os acréscimos, a amizade ficará suspensa.

- O Casemiro é um grande amigo. Tem um nível técnico incomparável, muita qualidade. Mas quando estivermos em campo, cada um defendendo o seu clube, não vai ter amizade. Vou dar o sangue pelo Santos e ele vai correr muito pelo São Paulo.

Danilo (no meio), comemora com Casemiro o gol marcado contra o Egito pelo mundial sub-20 (Foto: EFE)

  Jovens referências

Casemiro é uma das principais revelações do São Paulo nos últimos anos. Apesar de ter apenas 19 anos, já é referência no meio de campo tricolor e entrou na mira de clubes europeus. No ano passado, o Napoli-ITA tentou tirá-lo do Morumbi. Neste ano, Internazionale e Roma, também da Itália, entraram no páreo. Mas a diretoria tricolor agiu mais rápido, renovou o contrato do camisa 8 até 2016 e botou a multa rescisória em € 50 milhões (R$ 115 milhões).

Danilo, 20 anos, por sua vez, já marcou seu nome na rica história do Santos. Foi dele o segundo e definitivo gol da vitória por 2 a 1 sobre o Peñarol, na final da Taça Libertadores deste ano. Polivalente, também atua no campo. Vendido para o Porto-POR, por € 13 milhões (R$ 30 milhões), ficará na Vila Belmiro para a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, no Japão.              

veja também