MENU

Poupando judocas, Brasil perde para a Coreia do Sul em Copa do Mundo

Poupando judocas, Brasil perde para a Coreia do Sul em Copa do Mundo

Atualizado: Sexta-feira, 30 Julho de 2010 as 12:59

Poupando seus principais atletas, como Flávio Canto, Tiago Camilo e Luciano Corrêa, o Brasil não foi bem na última rodada da fase de classificação da Copa do Mundo de Judô por Equipes. Nesta quinta-feira, em Salvador, a equipe brasileira foi derrotada por 4 a 1 pela Coreia do Sul. Mesmo com o resultado, o time já está classificado para as semifinais e enfrenta a Itália apenas para definir sua posição na primeira fase.

A única vitória brasileira foi conquistada por Walter Santos, na última luta do dia, em uma luta tensa contra Sung-Min Kim. O brasileiro recebeu dois shidos (punição dada pelos árbitros por falta de iniciativa de um judoca). Porém, faltando 1min20s, o coreano também foi penalizado pela segunda vez, empatando o combate.

Com apenas um minuto para o fim do duelo, Kim recebeu sua terceira punição. Assim, Walter Santos conquistou um wazari, mantendo sua vantagem até o fim.

- O atleta coreano estava engasgado na minha garganta. Eu já tinha perdido algumas lutas para ele. Mas, desta vez, com a força da torcida e dos companheiros no banco, consegui vencê-lo. Foi muito difícil. Não podia vacilar, segurei a luta até o fim, porque era um atleta muito perigoso - disse o judoca, ao Sportv.

Outros brasileiros sofreram com inexperiência

No entanto, os brasileiros não tiveram a mesma sorte. Na categoria até 66 kg, Alex Pombo enfrentou Min-Ho Choi, campeão olímpico em Pequim, e foi derrotado por dois wazaris. Depois, foi a vez de Bruno Mendonça enfrentar Gui-Man Bang, na categoria até 73 kg. O coreano também venceu a luta com dois wazaris.

No duelo seguinte, entre judocas até 81 kg, Maicon França teve bom desempenho contra Ki-Chun Wang, medalha de prata na última Olimpíada. O brasileiro chegou a ter um wazari de vantagem, faltando 1min30s para o fim. Mas, quando o cronômetro marcava 31s, o coreano conseguiu um ippon (a pontuação máxima), vencendo o duelo.

Na categoria até 90 kg, Suk Woong-Hong conseguiu um ippon contra o brasileiro Bruno Altoé, conquistando a quarta vitória coreana.

FontE: globo Esporte

Postado por Débora Padoin Malva

veja também