MENU

Preocupado com sucesso de Lucas, Rivaldo aconselha a joia tricolor

Preocupado com sucesso de Lucas, Rivaldo aconselha a joia tricolor

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 2:40

Poderiam ser pai e filho, mas são companheiros de elenco. No entanto, a relação entre Rival e Lucas tem sido a melhor possível no São Paulo. Tanto que o pentacampeão do mundo, com 38 anos, preocupado com a ascensão meteórica da joia tricolor, não se incomoda em aconselhar o meia-atacante tricolor com toda a sua experiência.

- É um jogador que tem um futuro pela frente. O Lucas é um dos mais falados no Brasil. Digo para ele ter cabeça no lugar e sempre ser humilde. Foi assim que consegui chegar aonde cheguei. Espero que siga meus conselhos e também dos jogadores que tiveram uma vida limpa dentro e fora de campo - disse Rivaldo ao site oficial do São Paulo.

Com 38 anos e correndo como um menino, Rivaldo não tem dúvida de que Lucas, vinte anos mais novo, estará na Copa do Mundo de 2014.

- Vou torcer para que ele esteja na Copa do Mundo de 2014. Futebol o Lucas tem para isso, só manter a humildade, pois tem tudo para ser um grande jogador. Ainda é menino, mas tem condições de estar na Copa sim - completou o camisa 10.

Em 1999, Rivaldo foi eleito o melhor jogador do mundo atuando pelo Barcelona, enquanto Lucas tinha apenas sete anos. Hoje, com 18, a revelação são-paulina comemora poder atuar ao lado de um jogador consagrado na Seleção Brasileira.

- O Rivaldo é uma pessoa fantástica dentro e fora de campo. Já conversei com ele, que me deu vários conselhos, dicas para minha carreira. Procurei escutar bastante. Conquistou tudo na carreira e dispensa comentários. Tenho de seguir os conselhos dele - completou Lucas.

A dupla, no entanto, ainda não teve a oportunidade de jogar junta. Nos três jogos que Rivaldo defendeu o Tricolor Paulista, Lucas estava na Seleção Brasileira sub-20. Quando retornou, o garoto disputou as duas últimas partidas do São Paulo em 2011. Período que coincidiu com a lesão do parceiro. Mas domingo, contra o Palmeiras, Carpegiani poderá, finalmente, escalá-los.    

veja também