MENU

Presidente Alexandre Kalil garante mais reforços para a temporada 2011

Presidente Alexandre Kalil garante mais reforços para a temporada 2011

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 9:19

A diretoria do Atlético-MG já anunciou quatro reforços para a temporada 2011: o lateral-direito Patric, os volantes Toró e Richarlyson e o atacante Magno Alves. Mas a metralhadora do presidente Alexandre Kalil não deverá parar por aí. Outros jogadores ainda chegarão. Pelo menos, é o que garante o dirigente máximo do Galo.

- Estamos com os jogadores que o Dorival pediu acertados. Com alguns já assinados, fax indo e vindo. E na hora que tiver tudo certinho, vamos anunciar. São contratações de jogadores mais experientes. É tudo muito pontual. Foi tudo muito estudado para atender ao pedido do treinador. Devemos anunciar um total de cinco contratações. Cinco ou seis. Não falo as posições para vocês não matarem de cara.

Os nomes mais cogitados no momento são os de Jobson, do Botafogo, Mancini, do Milan, e Wesley, do Grêmio Prudente. Mais um motivo para o torcedor do Atlético-MG não se desgrudar do Twitter, canal de divulgação das contratações do alvinegro.

- O Atlético-MG ainda não foi procurado. Sei que o Mancini deu entrevista à Rádio Globo dizendo que estava insatisfeito. Se quiser vir, será muito bem-vindo, se estiver dentro do orçamento do Atlético-MG. Sobre o Twitter, nessa época, todo mundo fica sem assunto. Outro dia, a assessoria levou para mim uma lista com 22 especulações em uma semana. Então, tem que ter metodologia, um critério. E dentro desse critério, o Twitter vai ser usado.

Kalil está muito confiante em um 2011 bem diferente de 2010, quando o Galo passou perto do rebaixamento à série B do Campeonato Brasileiro, embora tenha conquistado o Mineiro. A decepção foi muito grande, principalmente pelo fato de o investimento ter sido muito alto. Grandes nomes foram contratados, principalmente o técnico Vanderlei Luxemburgo.

- Depois do que passei este ano, vou continuar com as barbas de molho, pagando em dia, trazendo jogador, tentando vender o menos possível, com orçamento direitinho para ver o que vai acontecer. Porque o fio da navalha entre o céu e o inferno no futebol é muito pequeno. Vamos aprender com a lição que tomamos, que foi muito importante. Foi um aprendizado sensacional. Vamos fechar o ano com tudo pago, não devendo nada. Estruturado para entrar limpo em 2011.

Que o Galo tem dinheiro para investir, ninguém nega. Porém, para equilibrar as contas, seria necessário se desfazer de algum jogador? Alexandre Kalil explica.

- É da mesma maneira. Para trazer e para dispensar, a metodologia é a mesma. A principal figura que a gente escuta é o treinador. Mas nós temos alguns casos que também falamos com ele que para trazer fulano outro tem que sair. Temos que equilibrar. Por incrível que pareça, nós vamos diminuir a folha de pagamento em 20%. Não posso anunciar quem sai, pois não está definido. A janela não está aberta ainda, não sei o que vem. Se abrir a janela e vier proposta, vamos vender e trazer alguém para repor. O Atlético-MG hoje é assim: compra e vende.

veja também