MENU

Presidente diz que São Paulo selou acordo para contratar Cicinho

Presidente diz que São Paulo selou acordo para contratar Cicinho

Atualizado: Terça-feira, 9 Fevereiro de 2010 as 12

O presidente Juvenal Juvêncio, do São Paulo, confirmou que já fez um acordo para contratar o lateral-direito Cicinho, da Roma. Se concretizar a negociação, o atleta será o décimo reforço para o time na temporada.

"Está tudo ajustado para ele chegar na quarta-feira. Temos já um acerto salarial, também acertamos com a Roma, que quer revalorizar o jogador. O Cicinho quer, o problema é que a Roma queria [ceder o jogador] até 30 de junho e nós até 20 de agosto. Está havendo uma consulta à federação italiana, se tudo correr bem, ele chega na quarta", falou.

Para poder inscrever o jogador na Libertadores, o São Paulo vai ter de pagar US$ 5.000 (cerca R$ 9.300) de multa à (Confederação Sul-Americana de Futebol). O prazo final, que já se encerrou, era até 48 horas antes de estreia, que será realizada na próxima quarta-feira, no Morumbi, às 21h50, contra o Monterrey, do México.

Nesta quarta-feira, Ricardo Sarti, empresário do jogador, vai se reunir com a presidente da Roma, Rosella Sensi, para acertar os últimos detalhes da transação. Concluído o negócio, a tendência é a de que Cicinho vista a camisa 23, vaga depois da saída de Zé Luis.

Para 2010, o clube contratou os zagueiros Alex Silva, Xandão e André Luis, os meias Rodrigo Souto, Carlinhos Paraiba, Léo Lima e Marcelinho Paraíba, Cléber Santana e o atacante Fernandinho.

veja também