MENU

Presidente do Bayern critica Van Gaal: 'Não era show de um homem só'

Presidente do Bayern critica Van Gaal: 'Não era show de um homem só'

Atualizado: Segunda-feira, 11 Abril de 2011 as 11

Uli Hoenes, presidente do Bayern de Munique, criticou duramente o técnico Louis van Gaal nesta segunda-feira, após definir a saída do holandês no fim de semana.

Com declarações polêmicas, o dirigente não poupou o ex-treinador do clube. Hoenes revelou que o ambiente era conturbado com a presença de Van Gaal.

- A história de que os jogadores o apoiavam é um conto de fadas. Sucesso é uma coisa importante. Ele tinha dificuldades para entender que o Bayern não era show de um homem só - disse. De olho na próxima temporada, Hoeness espera que os jogadores de seu time tenham um rendimento melhor a partir de agora.

- Eles já podem tirar a camisa de força - disse o dirigente, cutucando novamente o treinador Van Gaal. Louis van Gaal será substituído de forma interina por seu assistente, Andries Joncker. Ele deverá comandar a equipe até o fim desta temporada. Clube e treinador já haviam entrado em acordo para encerrar o contrato ao término da Bundesliga.

O novo comandante do Bayern já está definido: será Jupp Heynckes, atualmente no comando do Bayer Leverkusen. Porém, o empate com o Nuremberg acelerou a saída de Van Gaal no último domingo. O resultado fez o time cair para a quarta colocação na competição, antecipando o afastamento do técnico.

Na Alemanha, os três primeiros colocados disputarão a Liga dos Campeões da próxima temporada. Neste momento, a equipe de Munique estaria fora do torneio.        

veja também