MENU

Presidente do Fla prefere não criar expectativas quanto a Forlán

Presidente do Fla prefere não criar expectativas quanto a Forlán

Atualizado: Terça-feira, 7 Dezembro de 2010 as 2:24

A falta de um artilheiro incomodou os flamenguistas, que, no fim do ano, criticaram os atacantes da equipe. Se no início da temporada Adriano e Vagner Love chamavam a atenção dos rubro-negros pelos gols marcados, Val Baiano, Diogo, Deivid e Borja, por exemplo, não foram bem-sucedidos e acabaram muito cobrados. Com isso, foi ventilado no Flamengo o nome do atacante uruguaio Diego Forlán, do Atlético de Madri, eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 2010.

O próprio pai do atleta, Pablo Forlán, revelou que as negociações com Flamengo e Corinthians já foram abertas. Porém, de acordo com a presidente Patricia Amorim, é bom a torcida não sonhar muito com o craque.

- É um bom jogador, interessante, e seria excelente, mas não quero criar expectativas. Não tenho essa expectativa. Prefiro não falar muito em nomes. Mas é importante renovar (o elenco). Quem não estiver condições de correr muito, não vai ficar - contou durante o Footecon, em Copacabana, zona Sul do Rio de Janeiro.

E a renovação pode começar com saídas. Alguns jogadores são cobiçados e podem deixar o elenco: o volante Willians, o lateral-direito Leonardo Moura e o lateral-esquerdo Juan são alguns que têm propostas de outros clubes. No caso do último, inclusive, a situação é mais complicada. Com contrato até o fim deste ano, ele pode deixar a Gávea.

- Vamos esperar e ver se tem proposta - disse a presidente.

Casos policiais

A única garantia da dirigente é que em 2011 o clube não repetirá os erros de 2010. Casos de polícia como os que envolveram Adriano, Vagner Love e Bruno devem passar longe dos muros do clube.

- Ano que vem não será como 2010. Não há como ter tantos problemas policiais. Foi um ano diferente, eu nunca havia passado por uma delegacia antes.

veja também