MENU

Presidente do Inter diz que não venderá nem Damião, nem Oscar

Presidente do Inter diz que não venderá nem Damião, nem Oscar

Atualizado: Quinta-feira, 25 Agosto de 2011 as 1:55

Oscar e Damião ficam, diz o presidente do clube

gaúcho (Foto: Agência Estado)

  Pouco depois de ter a certeza de que o Inter era campeão da Recopa de 2011, o presidente do clube colorado, Giovanni Luigi, foi questionado pela Rádio Gaúcha sobre o futuro imediato do elenco vermelho. A pergunta foi direcionada aos dois principais jovens talentos do grupo, naturalmente assediados pelo mercado europeu: Oscar e Leandro Damião. Do dirigente, saíram palavras de alento para a torcida.

Segundo Luigi, nenhum deles será vendido. O dirigente aproveitou para desabafar contra a pressão sobre seu trabalho no clube.

- Não vendemos e não vamos vender nem o Oscar, nem o Leandro Damião. Isso é mérito de muita gente, e também da diretoria. Tive que aguentar muitas coisas. É uma fase de transição. Muita gente disse que temos que enfrentar um processo de rejuvenescimento – disse o dirigente.

Damião, com 34 gols em 2011, é assediado por alguns dos principais clubes do mercado europeu. Ele não quer jogar no Leste do continente – o que descarta países como Ucrânia e Rússia. O Tottenham, da Inglaterra, fez proposta pelo centroavante, mas não chegou ao mínimo de 20 milhões de euros (R$ 43 milhões) exigidos pelo clube gaúcho.

Para Oscar, segundo o Inter, não houve propostas. O meia foi muito valorizado depois de marcar três gols na decisão do Mundial Sub-20, no último sábado, pela seleção brasileira, contra Portugal.

Enquanto isso, Delcir Sonda, principal investidor no Inter, afirma que pretende recuperar o dinheiro colocado no clube e, para isso, negociar Kleber e/ou D’Alessandro, dois jogadores colocados por ele no Beira-Rio. Sonda afirmou que trataria do assunto em almoço com Luigi nesta quinta-feira.

O tempo está terminando para os europeus. A janela de transferências dos principais mercados de lá fecha na semana que vem.            

veja também