MENU

Presidente do São Paulo dispara contra Itaquera e arena corintiana

Presidente do São Paulo dispara contra Itaquera e arena corintiana

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 2:01

Ainda com esperanças de o Morumbi abrigar partidas da Copa do Mundo de 2014, apesar do veto da Fifa, o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira com duras críticas à região de Itaquera, local onde estaria definida a abertura do evento.

"Primeiro não está. Porque se examinarem com frieza... Onde está avançado a Copa do Mundo em São Paulo? Qual é o estádio de São Paulo? É difícil. Você vai fazer em Pirituba? Como é que se chega em Pirituba, como é o negócio do hotel, do transporte, do metrô, da rede hospitalar? Se o Blatter [presidente da Fifa] se lesionar lá, como é que será socorrido?", disse ele no CFA (Centro de Formação de Atletas) de Cotia, região metropolitana de São Paulo.

E continuou: "Não é diferente de outros locais, citemos, por exemplo, Itaquera. Para você chegar lá, precisa chamar o Corpo de Bombeiros. Se você pega a Angela Merkel, da Alemanha, ela não chega lá. Se tiver de sair, também não sai. Isso é um fato. Além da área do estádio, você precisa de mais duas áreas, uma de 30 mil metros quadrados, outra de 50 mil metros, vip, very vip, aquelas coisas da Fifa. Como é que você pode fazer um negócio desse em Itaquera? Você não tem como fazer isso".

O futuro estádio do Corinthians também foi alvo de Juvenal. "É num lugar onde não tem planta, subsolo, não tem fundação, não tem caderno de encargos da Fifa, não tem mobilidade, lá não tem hospital, não tem hotel para dormir. Copa não é só o gramado".

A Copa do Mundo, ela corre até perigo. Porque sem São Paulo, não há Copa do Mundo. E nem se equacionou o problema de estádio em São Paulo. Não é que não se equacionou, é que não deu passo nesse sentido. Mandei anunciar os estudos iniciais de sondagem do solo, para saber o que tem no subsolo. Não há nada disso. Portanto, eu não sei o que vai acontecer, até porque isso são coisas dos poderes públicos," completou.

Nesta terça-feira, Juvenal Juvêncio almoçará com o prefeito Gilberto Kassab, em Cotia. No encontro, o presidente são-paulino pedirá que se reforme a área em frente ao estádio do Morumbi, que se encontraria abandonada.

veja também