MENU

Presidente Lula anuncia ações de apoio à candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos de 2016

Presidente Lula anuncia ações de apoio à candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos de 2016

Atualizado: Quarta-feira, 25 Junho de 2008 as 12

Presidente Lula anuncia ações de apoio à candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos de 2016

Em cerimônia realizada nesta segunda-feira, dia 23 de junho, data em que se comemora o Dia Olímpico, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou ações de apoio à candidatura do Rio de Janeiro à sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Lula assinou decreto criando o Comitê de Gestão de Ações Governamentais e encaminhou ao Congresso Nacional projeto de lei que institui crédito de R$85 milhões para suporte de atividades da candidatura.

O evento foi no Palácio Guanabara, sede do Governo do Rio, e também contou com a presença do Ministro do Esporte, Orlando Silva; do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão; do Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Miguel Jorge; do Ministro das Cidades, Márcio Fortes; do membro decano do Comitê Olímpico Internacional (COI) e presidente de honra da Fifa, João Havelange; do Governador Sérgio Cabral Filho; do Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê de Candidatura Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman; do Vice-Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão; e do Secretário Especial de Esportes da Prefeitura, Ruy Cezar.

O detalhamento do suporte governamental está entre os itens exigidos pelo COI no dossiê que deverá ser elaborado por cada candidata até o dia 12 de fevereiro de 2009. Além do Rio, concorrem Chicago (EUA), Madri (ESP) e Tóquio (JAP). A escolha do COI será anunciada no dia 2 de outubro de 2009. "Não vamos começar esta candidatura do zero. A experiência dos Jogos Pan-americanos Rio 2007 será amplamente utilizada. É preciso mostrar nossas qualidades, como fizemos nos Jogos Pan-americanos. Já fizemos o necessário, que foi inscrever a candidatura do Rio de Janeiro. Já fizemos o possível, que foi classificar a cidade entre as quatro candidatas finalistas. Agora, é hora de fazer o que muitos consideram impossível. É hora de assumir um compromisso nacional, estadual e municipal e fazer um trabalho sólido. Tenho convicção de que o Rio pode conquistar o direito de realizar os Jogos Olímpicos de 2016", disse Lula.

Na cerimônia, que contou com a presença de vários atletas e ex-atletas, o presidente Lula recebeu a bandeira da candidatura do Rio à sede dos Jogos Olímpicos de 2016 das mãos do medalhista olímpico Marcelo Ferreira (iatismo) e da medalhista paraolímpica Karla Cardoso (judô).

Há oito anos, o COI não escolhia como candidata uma cidade de país que ainda não recebeu os Jogos Olímpicos. O fato foi lembrado pelo Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro e da Comissão de Candidatura Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman. "Na data em que se comemora o Dia Olímpico, essa concessão de recursos para a candidatura não apenas nos enche de orgulho. Este ato também demonstra o apoio governamental ao projeto e isso foi reconhecido pelo COI ao avaliar a candidatura do Rio. São os grandes desafios que mudam uma cidade, um estado ou um país", disse Nuzman.

veja também