MENU

Principal atração de Arequipa, múmia Chiribaya disputa espaço com Neymar

Principal atração de Arequipa, múmia Chiribaya disputa espaço com Neymar

Atualizado: Sexta-feira, 28 Janeiro de 2011 as 4:37

Colecionadora de troféus. Conhecida por ser uma guerreira há 1.200 anos. Essas são as primeiras características enumeradas pela guia sobre a múmia de Chiribaya. Exposto no museu Pré-Inca de Arequipa, os restos mortais do homem, que foi embalsamado quando tinha cerca de 35 anos, é a principal atração do local. Assim como Neymar, estrela maior da sub-20 que começa na próxima segunda-feira a disputa do hexagonal final do Sul-Americano da categoria, que dá duas vagas para as Olimpíadas de 2012, em Londres, e quatro para o Mundial, em julho, na Colômbia. Se Chiribaya guardava cabeças, o craque do time canarinho, que atraiu a atenção dos peruanos nas últimas semanas, coleciona gols. Só no torneio, ele já fez cinco e é o maior "matador" da competição continental.     A semelhança do lado guerreiro da múmia também está ligada ao espírito lutador de Neymar. O corte de cabelo moicano do atleta remete aos índios que viviam nos Estados Unidos no século XVII. Na época, eles tiveram conflitos com os locais por conta da disputa de terras. Chiribaya, por sua vez, enfrentava os povos da selva, que tentavam dominar o território. E é justamente dessas batalhas que guardava as cabeças dos inimigos abatidos.

Segundo a história, as múmias eram guardadas nas tumbas com objetos ligados ao seu dia a dia. No caso de Chiribaya, além dos armamentos, ela foi encontradas com três crânios, todos de rivais que foram mortos em combate. Assustados para muitos, mas na época era a forma dos povos de mostrar a crença no renascimento daquele ente querido.     - Ela foi encontrada na posição fetal, normal para os povos incas. Eles eram embalsamados dessa forma porque essa posição indivava o renascimento. Além disso, todos os elementos ligados à personalidade de quem era mumificado.- contou a guia Claudia Amezquita.

De acordo com a profssional, os traços da múmia, que foi encontrada na região de Ilo, confirmam que ela é de origem rica, de alguma realeza local. Tal como Neymar, comparado a Pelé logo em sua chegada ao Peru. O atleta do século é conhecido por se o rei do futebol.

- O crânio da múmia está deformado, sinal de que era de alguma realeza. Isso não é normal nas pessoas comuns da época. Só os homens da realeza poderiam fazer isso. A morte da múmia não está definda, mas pode ter sido por algo estomacal ou no pulmão - contou a guia.

Certo mesmo é que a partir da próxima segunda-feira, às 22h, as atenções dos peruanos estarão voltadas para o Estádio Universidad Nacional San Agustin. Neymar vai estrear em Arequipa no hexagonal final do torneio continental. Resta saber se o craque da sub-20 conseguirá superar o guerreiro Chiribaya na adoração dos torcedores locais e enumerar as "cabeças" dos aversários para levar a Seleção aos Jogos de Londres.    

veja também