MENU

Procura-se um lateral-esquerdo: Fla sofre sem dono para a posição

Procura-se um lateral-esquerdo: Fla sofre sem dono para a posição

Atualizado: Quinta-feira, 21 Abril de 2011 as 9:06

Vanderlei Luxemburgo descartou improvisar o meia Renato na lateral esquerda. Isso ocorreu no dia 2 de abril, após a vitória do Flamengo sobre o Duque de Caxias, por 2 a 0, na sexta rodada da Taça Rio. Na ocasião, o técnico afirmara que o jogador poderia ser escalado, no máximo, como ala. E nos momentos em que o time precisasse buscar uma vitória. Mudou de ideia.

Menos de 20 dias depois, lá estava Renato de lateral-esquerdo. E num esquema com dois zagueiros. Nesta quarta-feira, após o empate por 1 a 1 com o Horizonte-CE, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, Luxemburgo não reconheceu que voltou a improvisar o jogador, mas disse novamente que ali está a maior carência do time dele no momento.

- Coloquei o Renato ali, mas não foi sem saber. Não foi improvisação. Fiz analisando o adversário, tentando sair mais forte na jogada ofensiva. Vi que eles estavam fechados.

Renato apoiou pouco no primeiro tempo. Na volta do intervalo, virou segundo volante. Maldonado sentiu dores no joelho esquerdo e foi substituído por Rodrigo Alvim, que entrou na lateral. Jogador da posição, ele não foi bem mais uma vez. Renato se coloca à disposição.

- Tudo precisa de tempo. Se der continuidade na lateral, vou me aperfeiçoar, o entrosamento com a defesa vai melhorar. Independentemente da posição, sempre coloquei para o professor Vanderlei e para o grupo que estou aqui para ajudar a conseguir os resultados.

As opções de Luxemburgo se esgotaram. Além de improvisar Renato e dar chances a Alvim, o técnico testou Egídio, que começou o ano como titular, e testou o zagueiro Ronaldo Angelim. Nada funcionou. Um reforço é mais do que necessário para as competições do segundo semestre.

Desde a saída de Juan (hoje no São Paulo), no fim do ano passado, questiona-se a necessidade da contratação de um substituto. O departamento de futebol preferiu apostar em Egídio, que voltava do Vitória. 

- O time está sendo montado oportunamente. Egídio volta (de empréstimo) com a oportunidade de ser titular - disse o diretor de futebol Luiz Augusto Veloso na época.   

Para o clássico Fla-Flu, o dono da posição é, por enquanto, um ponto de interrogação.

- Se estou fazendo algo ali, é normal que não esteja justo. No domingo vamos ver qual a possibilidade. Já usei Renato, Alvim, Egídio... vamos ver o que vou fazer - afirmou Luxemburgo.

A semifinal da Taça Rio será disputada no Engenhão, às 16h (de Brasília). O vencedor enfrenta Vasco ou Olaria na decisão.   Globo Esporte

veja também